08.09.2019 | 10h00


VEJA FOTOS E VÍDEO

Série de incêndios destrói parte do Parque Massairo Okamura em Cuiabá

Corpo de Bombeiros atuou no combate às chamas ao menos cinco vezes no local, desde o fim da manhã de sábado.


DA REDAÇÃO

O Corpo de Bombeiros Militar foi acionado ao menos cinco vezes de sábado para domingo (07 e 08) para combater uma série de incêndios que destruíram parte do Parque Massairo Okamura, na Avenida do CPA, em Cuiabá.

A primeira ocorrência no local foi registrada pelo no sábado (07), quando brigadistas do Corpo de Bombeiros faziam o combate ao início do incêndio.

Menos de oito horas depois do registro do primeiro foco, os bombeiros receberam o segundo chamado, às 19h de sábado (07). E posteriormente as equipes estiveram mais três vezes no local, às 22h40, 03h30 da madrugada deste domingo, e no começo da manhã às 06h.

No início da tarde de sábado, equipe do passava pelo local quando percebeu uma viatura de combate a incêndio estacionada na via lateral, que dá acesso ao parque, sentido bairro Morada do Ouro.

No local, três brigadistas tentavam combater o fogo em pequena proporção com equipamentos manuais que, segundo um tenente que atuou na ocorrência, seriam insuficientes para apagar as chamas em metros cúbicos por quadrado.

“Como a demanda de chamados é muito grande, estamos tentando aos poucos combater com nossos equipamentos, mas eles não são insuficientes para esse tipo de trabalho”, informou.

As chamas atingiram galhos e folhas secas e tiveram início por volta de 11h40 e se alastraram rapidamente na região central do parque. A equipe precisou de 40 minutos para controlar o fogo com um caminhão ABT e abafadores.

Não foi possível identificar o que pode ter gerado o foco do incêndio. Há suspeita de que alguma pessoa possa ter deixado uma bituca de cigarro no local.

À noite, internautas registraram novamente fogo no parque, porém a altura das chamas é que chamava atenção.

De acordo com a assessoria do Corpo de Bombeiros Militar, um oficial de área está monitorando o local para observar se há registro novo registrou ou se é apenas a fumaça que encobre a vegetação. Ainda não foi contabilizado quanto da área do parque foi destruída.

O parque é de responsabilidade da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) e foi fundado em 2014. A vegetação nativa foi mantida pois há nascentes na região que, posteriormente, constituem o Córrego do Barbado em Cuiabá.

Galeria de Fotos:
Crédito: REPÓRTER MT
Crédito: REPÓRTER MT
Crédito: REPÓRTER MT
Crédito: REPÓRTER MT










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER