12.04.2019 | 09h55


DESPEJO DOS INOCENTES

Sem dinheiro para aluguel, OPA pede ajuda para cães não ficarem na rua

A fundadora da ONG explica que sem doações suficientes não foi possível pagar o aluguel de uma das casas que abriga 70 animais resgatados.


DA REDAÇÃO

A fundadora da Organização de Proteção Animal de Mato Grosso (OPA-MT), Michelle Scopel anunciou que irá fechar uma das unidades da instituição por falta de condições financeiras para o custeio.

Segundo Michelle, a OPA possui três casas para manter e o custo só com aluguel é de  R$ 2.750 mil. Para manter os abrigos, os gastos mensais são de R$ 6 mil e sem doações suficientes, a instituição fundada há oito anos não tem como manter todas as unidades.

Ao , a fundadora disse que tenta conseguir o valor de R$ 1.250 mil, que é a parte que falta para quitar o aluguel e evitar que os 70 animais, que lá estão, sejam despejados. Ela também pede ajuda para que esses animais sejam adotados, mesmo que em lares temporários.

Quem tiver interesse na adoção deve passar em entrevista para comprovar que cuidará dos animais.

Arquivo pessoal

michele opa

Michele Scopel fundou a Opa há oito anos

A OPA-MT atende animais abandonados, por meio de doações. A instituição faz um serviço social de resgate de cães e gatos em situação de maus-tratos. Os abrigos estão lotados, funcionando em sua capacidade máxima. Além do aluguel há despesas com tratamento médico, alimentação e transporte.
Ao longo de oito anos de fundação, a Opa enfrentou uma série de crises e promoveu diversas campanhas para arrecadar fundos.

Os interessados em adotar ou colaborar, devem entrar em contato com Michele Scopel, pelo telefone: (65) 99934-9151.

Defesa dos animais

O trabalho da Opa também é de fiscalização em defesa dos animais. Foi por meio de uma denúncia feita pela fundadora da instituição, que o universitário Hemerson Fernandes foi preso, após divulgar no Facebook um vídeo mostrando ele estuprando uma cadela, dentro do banheiro da casa dele, em Cuiabá.

Leia mais:

Estudante 'faz sexo' com cadela e põe vídeo no Facebook; caso gera revolta

OPA recupera movimento de cães com tratamento, mas precisa de ajuda

 

 



 










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER