11.09.2014 | 18h59


FARRA FAN FEST

Secopa pagou R$ 10,9 milhões para empresa de animação e ainda deve R$ 2,9 milhões

Em virtude desse atraso, o contrato, que estava previsto para encerrar no dia 13 de agosto, precisou ser aditivado.


DA REDAÇÃO

A Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo (Secopa) não concluiu o pagamento para a Associação Casa de Guimarães, que foi responsável pela organização e animação do Fifa Fan Fest, no mês de junho, quando os jogos da Copa foram realizado em Cuiabá e quando a seleção brasileira esteve em campo. 

De acordo com a assessoria de imprensa, até o momento a Secopa pagou a empresa Casa de Guimarães R$10,9 milhões dos R$13,8 milhões que estavam previstos no contrato. Em virtude desse atraso, o contrato, que estava previsto para encerrar no dia 13 de agosto, precisou ser aditivado.

A Associação foi contratada para ‘planejar, organizar e executar o evento do FIFA FAN FEST em cumprimento às exigências acordadas pela cidade-sede junto à FIFA e Governo Federal’. O extrato do contrato foi publicado no Diário Oficial do dia 21 de maio de 2014. 

SUSPENSÃO NO PAGAMENTO

Por ordem do Tribunal de Contas do Estado (TCE), a Secopa suspendeu o pagamento para a Casa Guimarães. A decisão visava averiguar possíveis impropriedades contidas no convênio. O TCE também questionava o fato de que os serviços foram contratados sem prévia licitação. 

Após a entrega dos documentos, o TCE liberou a Secopa pra retornar com o pagamento. 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER