09.04.2020 | 14h45


GERAL / EM MEIO À PANDEMIA

Presidente da Câmara de Pontes e Lacerda ‘torra’ R$ 111 mil com carrão

Conforme apurado pelo RepórterMT, o veículo será usado pelo setor administrativo da Câmara de Pontes e Lacerda


DA REDAÇÃO

O vereador Maxsuel Freitas Guimarães (DEM), presidente da Câmara Municipal de Pontes e Lacerda (a 420 km de Cuiabá), ‘torrou’ R$ 111.750,00 na aquisição de um veículo Hyundai Creta 0 km para uso do setor administrativo do órgão. O contrato foi assinado dia 23 de março, em meio à pandemia do coronavírus (Covid-19) em Mato Grosso.

A empresa vencedora da licitação foi a Rivelino Comércio de Veículos Ltda., localizada no centro da cidade. O carro deverá ser entregue em 30 dias após a assinatura do contrato. Cabe ressaltar que os trabalhos na Câmara estão paralisados por período indeterminado, justamente como medida de combate ao coronavírus.

Conforme especificado, o contrato requer o fornecimento “de um veículo aultomotivo 0km, tipo veículo de Utilidade Esportiva – (SUV) Motorização 2.0 para a Câmara Municipal”.

O edital ainda prevê que a empresa entregue o veículo já documentado à Câmara. A situação levantou questionamentos na cidade. Se realmente era necessário adquirir um veículo desse em tempos de crise.

Outro lado

Procurado pelo , o vereador justificou que o processo de aquisição do veículo acontece desde o mês de janeiro, mesmo o contrato tendo sido assinado em 23 de março.

Maxsuel afirma que “com certeza” não daria andamento na compra se fosse nos dias atuais. Na data em que o contrato foi assinado, haviam seis casos confirmados da doença em Mato Grosso. Até quinta-feira (09), já são contabilizados mais de 90 casos e dois óbitos.

“A aquisição estava prevista no orçamento e foi adquirida porque o carro anterior é muito velho, do ano de 2006, e estava colocando a vida dos servidores em risco”, disse Maxsuel.

Agora, o “carrão” 0 km será usado pelo setor administrativo da Câmara para ações na cidade, e viagens para Cuiabá, como idas ao Tribunal de Contas do Estado.











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Ricardo  10.04.20 10h11
Carro 2006 oferece risco de vida ao servidor...Conta outra vereador. Então grande parte dos munícipes devem comprar um carro novo, certo????

Responder

1
1
Patrícia França   15.04.20 11h59
Temos que responder nas eleições largarmos de ser omissos.

Responder

1
0
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO