18.11.2019 | 10h25


NOVO PRONTO-SOCORRO

Prefeito entrega última etapa do HMC nesta segunda; unidade terá 315 leitos

A inauguração contará com a presença de lideranças políticas do Estado, representantes do Governo Federal e a cúpula nacional do MDB.


DA REDAÇÃO

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) inaugura nesta segunda-feira (18) a sexta e última etapa do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), a partir desta data a unidade funcionará com 100% dos serviços.

A solenidade contará com a presença de lideranças políticas do Estado, representantes do Governo Federal e a cúpula nacional do MDB, como o presidente nacional da sigla, Baleia Rossi.

Nesta última etapa será entregue o novo Pronto-Socorro (serviços de urgência e emergência) – que funcionará dentro do novo hospital -, além de cinco salas cirúrgicas, a Central de Materiais e Esterilização, heliponto, capela e mais de 20 leitos de UTI’s (Unidade de Tratamento Intensivo).

Segundo o prefeito os atendimentos de urgência e emergência começarão a ser atendidos no HMC a partir das 7h de terça-feira (19).

“Todas as ambulâncias e Samus que receberem o paciente vão levá-lo para o HMC, a partir de amanhã às 7h da manhã o Pronto-Socorro muda de endereço”, disse em entrevista ao Bom Dia MT, nessa segunda-feira.

Durante a entrevista, o prefeito comentou que foram aplicados quase R$ 200 milhões no projeto que, segundo ele, será a virada de página e o novo ciclo da saúde pública do Estado. Ele ainda relembrou que ao assumir o comando do Palácio Alencastro encontrou a obra com apenas 25% de sua estrutura erguida e com problemas técnicos e estruturais.

“O meu intuito era entregar no final do meu primeiro ano, mas a encontrei com apenas 20 a 25% da sua estrutura erguida. Era um esqueleto a céu aberto. Tive que retomar e refazer os problemas estruturantes e técnicos além de buscar recursos de retomar a obra física, de licitar e adquirir os equipamentos, os materiais, os mobiliários e chegar ao ponto que chegamos hoje”, falou.

Capacidade

O HMC possui 315 leitos, sendo 178 de adultos, 20 leitos no Centro de Tratamento de Queimados – CTQ, 60 de UTI’s, sendo 38 de Emergência, 06 salas de cirurgia e 13 leitos RPA (recuperação pós-anestesia).

Além disso, conta com ambulatório com mais de 13 das especialidades médicas mais procuradas pela Central de Regulação, exames como ultrassonografia, endoscopia, colonoscopia e radiografia, parque tecnológico – dentre eles arcos cirúrgicos, ultrassom, raios-x móveis -, estativas aéreas e ainda a hemodinâmica e os raios-x fixos que compõem o moderno centro de imagens.

Atual PS

O prefeito disse ainda que irá manter uma estrutura mínima de urgência e emergência do atual Pronto-Socorro, na Avenida General Valle, nos próximos meses até iniciar uma reforma para transformá-lo em HFam (Hospital da Família).

O local será responsável por atender o materno infantil, alas para idosos, pacientes paliativos, saúde mental e rede cegonha.

Emanuel comentou que vai apresentar à bancada federal do Estado a obra arquitetônica para garantir pelo menos R$ 1,7 milhões, de cada um dos deputados federais. Ele pretende licitar a obra nos próximos dias.

A reforma está pré-orçada em R$ 35 milhões, dos quais o emedebista diz ter conseguido R$ 18 milhões através de emendas do deputado Emanuelzinho (PTB), seu filho, e do senador Jayme Campos (DEM).











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO