alexametrics
03.08.2015 | 15h43


GERAL / VÁRZEA GRANDE

Prazo do IPTU é prorrogado para dia 31; Miranda espera R$ 25 milhões

O secretário de Gestão Fazendária, César Miranda, destaca que os contribuintes que estiverem inadimplentes com exercícios anteriores podem procurar a Gestão Fazendária e quitar, com até 80% de descontos sobre juros e multas



A prefeitura de Várzea Grande prorrogou o prazo de vencimento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para o dia 31 de agosto. O decreto número 42 de 31 de julho foi assinado pela prefeita Lucimar Campos (DEM), na última sexta (31), quando venceu o prazo inicial estipulado.

Durante todo mês de agosto o imposto poderá ser pago nas casas lotéricas e na rede bancária. O decreto valida o desconto de 20% para os contribuintes que estiverem com o tributo em dia, como também o desconto de 5% para quem tem débitos, mas optar por quitar o exercício 2015 em cota única.

“A inadimplência do IPTU é bastante elevada, mas tenho certeza que a partir de agora restabelecemos o elo de confiança do cidadão com o poder público municipal e vamos fechar o ano com números muito positivos

Quem ainda não tiver recebido o boleto ou optar por parcelar, em até seis vezes, pode emitir as guias pelo site www.varzeagrande.mt.gov.br, ou se dirigir ao Centro de Atendimento ao Cliente (CAC), localizado no prédio principal do Paço Municipal, das 9h às 18h.

O secretário de Gestão Fazendária, César Miranda, destaca que os contribuintes que estiverem inadimplentes com exercícios anteriores podem procurar a Gestão Fazendária e quitar, com até 80% de descontos sobre juros e multas, e ainda parcelar o valor devido.

"Ao regularizar esse passivo, ele está apto para usufruir dos 20% de desconto no atual exercício no pagamento à vista. Nossa campanha visa valorizar os contribuintes que estão em dia com o tributo e consequentemente, estimular a regularização por parte dos inadimplentes”. 

Considerando o primeiro vencimento do IPTU 2015, o secretário estima uma arrecadação de cerca de R$ 25 milhões.

“A inadimplência do IPTU é bastante elevada, mas tenho certeza que a partir de agora restabelecemos o elo de confiança do cidadão com o poder público municipal e vamos fechar o ano com números muito positivos. Por isso, faço o chamamento para que a população cumpra com seu dever e nos ajude a melhorar Várzea Grande. Todo o tributo recolhido será revertido em ações de infraestrutura, educação e principalmente, saúde”.

Quem perder o prazo para o pagamento será inscrito em dívida ativa e estará sujeito à execução do débito.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime