02.05.2019 | 17h55


VEJA FOTOS

Pista é interditada por risco de desabamento na Av. 8 de Abril

Erosão na margem do Córrego Mané Pinto coloca em risco motoristas e pedestres que passam pela avenida.


DA REDAÇÃO

A Defesa Civil interditou uma das pistas da Avenida Oito de Abril, no bairro Verdão, em Cuiabá, devido a risco de desabamento. Parte da sustentação lateral do Córrego Mané Pinto já cedeu e a situação coloca motoristas e pedestres em risco constante.

Segundo a Prefeitura de Cuiabá, a interdição do local, feita através de obstáculos conhecidos como “gelo baiano”, tem por objetivo afastar os veículos dos pontos mais críticos da faixa, já que a erosão está chegando na parte asfaltada onde os veículos trafegam, aumentando ainda mais as chances de mais desabamentos que podem ocasionar sérios acidentes com os motoristas.

Toda essa área interditada, deveria ter sido revitalizada para a Copa de 2014, há 5 anos atrás.

A obra, que teve início em 2012 está paralisada desde 2016. O Governo do Estado rompeu o contrato com a Engeglobal Construções em 2018 devido à inexecução da revitalização.

A revitalização do córrego era orçada em R$ 26 milhões e foi paralisada por dificuldades financeiras da Engeglobal, que entrou em recuperação judicial.

A Prefeitura argumenta que tem solicitado ao Estado a retomada das obras de canalização da região do córrego.

A Secretaria de Obras Públicas e Infraestrutura do Estado ainda não se posicionou sobre o caso.

 

Confira na íntegra nota da Prefeitura

A respeito da interdição de na Avenida 8 de Abril a Defesa Civil informa que:

- Apenas meia pista foi fechada, como medida de segurança. 
- Foi constatado que parte da lateral do córrego cedeu e que a erosão se aproximava do asfalto em alguns pontos. 
- Devido ao fluxo na via, a medida foi adotada para afastar os veículos da borda do córrego, evitando assim deslizamentos e possíveis acidentes. 
- Desde o último ano a Prefeitura de Cuiabá tem solicitado ao Governo do Estado a retomada das obras de canalização do Córrego.

 

Leia mais:

Concessionária é condenada por morte de trabalhador em obra

Galeria de Fotos:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER