20.01.2020 | 09h50


SITUAÇÃO DE ALERTA

Paciente morre com dengue hemorrágica; 20 casos estão sob suspeita

A morte e todos os casos suspeitos da doença foram registrados no município de Sinop, a 500 km de Cuiabá.


DA REDAÇÃO

O primeiro caso de morte por dengue hemorrágica, em 2020, foi registrado no município de Sinop (500 km da Capital). O óbito ocorreu na segunda semana de janeiro e foi confirmado pela Secretaria Municipal de Saúde da cidade.

No total, 20 pessoas estão em hospitais públicos e privados, com a suspeita de dengue hemorrágica. Além das suspeitas, sete pessoas estão internadas com diagnósticos confirmado de dengue.

No dia 28 de dezembro de 2019, uma criança morreu da mesma doença, também em Sinop.

A cidade lidera os casos dos diversos tipos de dengue em Mato Grosso, classificada com alto risco da doença de acordo com o boletim epidemiológico.

Diante disso, a Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado de Saúde (SES) já está em contato com o Escritório Regional de Saúde de Sinop e com o município para obter as informações necessárias para tomar as providências cabíveis diante da situação; como realização de orientações quanto ao manejo clinico adequado, condutas de classificação de risco e ações de prevenção e controle.

Mato Grosso

Segundo SES, no ano passado o Estado registrou nove casos de dengue grave. Os casos ocorreram nos municípios de Alto Araguaia (1), Barra do Garças (1), Campinápolis (1), Confresa (1), Nova Xavantina (3), Primavera do Leste (1) e de Ribeirão Cascalheira (1).

Além disso, a SES explica que a dengue para ser grave e matar, não é obrigatoriamente acompanhada de hemorragia (sangramento), e que dengue hemorrágica foi um termo que se popularizou.

Prevenção

A SES tem realizado capacitações em taxonomia, ecologia e controle do Aedes Aegypti (mosquito-da-dengue) para os supervisores e agentes de endemias dos municípios de Mato Grosso.

Foi feito também a distribuição de insumos estratégicos, como inseticidas e larvicidas, utilizados como medida complementar ao controle do vetor. 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO