11.10.2014 | 08h30


TRINCHEIRA DA JURUMIRIM

Obra entra em fase de acabamento após 2 anos de transtornos na Miguel Sutil

A inauguração estava prevista para antes da Copa, passou para agosto, mas atrasou novamente e deve abrir somente no mês que vem


DA REDAÇÃO

A maior obra do governo Silval Barbosa (PMDB) em andamento, a Trincheira da Jurumirim / Trabalhadores entra em fase de acabamentos finais, após 6 meses de atraso. De acordo com a Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo (Secopa), a previsão é que o Consórcio Sobelltar-Secopa (formado pelas empresas Elenco Construções Ltda - líder -, Sobrenco Engenharia e Comércio e Construtora Tardelli Ltda.), deve encerrar os trabalhos no local até o final deste mês.  

A Secopa frisa que restam  a sinalização e a cobertura dos "New Jersey", barreiras de concreto instaladas nas marginais, com nata de cimento e a implantação da sinalização vertical e horizontal das pistas, em consonância com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e as diretrizes da Política Nacional de Trânsito. O Consórcio também está executando a limpeza da obra e o tratamento nas paredes das cortinas da estrutura também já foram finalizados.

Também sob a responsabilidade do Consórcio Sobelltar, o serviço de recapeamento asfáltico em um trecho da Avenida Miguel Sutil foi finalizado. A atividade está inclusa no projeto como subtrecho e foi executada entre os viadutos da Rodoviária e da Avenida do CPA, com a circulação de veículos em meia pista. A próxima etapa é a implantação da sinalização vertical e horizontal na via.

A inauguração da popular Trincheirona estava prevista para o final do mês de agosto, mas a obra não terminou a tempo de ser entregue conforme o cronograma fechado entre a Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo (Secopa) e o Tribunal de Contas do Estado (TCE).

CONVÊNIO ENTRE DNIT E GOVERNO

A trincheira Jurumirim / Trabalhadores faz parte do convênio assinado entre o Governo do Estado e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), no valor de R$ 165,7 milhões, para construção de trincheiras e viadutos nos trechos urbanos das rodovias BRs 070/163/364 em Cuiabá e Várzea Grande.  

Também estão inclusos no pacote de obras as trincheiras do Verdão e Santa Rosa, na Perimetral, além do Complexo Viário do Tijucal – conjunto de viaduto e trincheira –, obra em execução na Avenida Fernando Corrêa da Costa, e o Viaduto da Dom Orlando Chaves, que passa sobre a Avenida da FEB, em Várzea Grande.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO