04.04.2020 | 15h09


GERAL / DISSEMINAÇÃO RÁPIDA

Nova Mutum é o 7º município de MT a confirmar caso do novo coronavírus

Paciente tem 33 anos e maior preocupação da secretaria municipal de saúde é que não foi confirmada a forma de transmissão



Nova Mutum é o 7º município de Mato Grosso a ter caso confirmado do novo coronavírus. O resultado do teste, feito no Laboratório Central do Estado (Lacen), ficou pronto na tarde de ontem e ainda não consta no boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES).

 

De acordo com informações da secretaria municipal de Saúde, o paciente tem 33 anos, não possui nenhuma comorbidade. Inclusive já cumpriu o período de quarenta, após o surgimento dos primeiros sintomas. A secretaria ainda não conseguiu confirmar se a transmissão foi local - que é quando ele tem contato direto com alguém que esteve em regiões do país com casos confirmados - ou se foi a através de transmissão comunitária - que é quando o vírus já está espalhado e não é possível fazer rastreamento de sua origem.

O paciente deu entrada no hospital municipal na última no dia 27 de março com sintomas de febre, tosse e com dificuldade respiratória, quadro considerado de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Segundo o próprio paciente, o início dos primeiros sintomas foi a partir do dia 18 de março.

Assim que deu entrada na unidade hospitalar em Nova Mutum, o paciente foi internado em uma ala isolada, preparada para receber pacientes com suspeita de covid-19. A equipe médica iniciou o tratamento em conformidade com as orientações do Ministério da Saúde.

A equipe da unidade de saúde, da qual pertence o paciente, realiza todo acompanhamento familiar.

A prefeitura de Nova Mutum enfatiza que a confirmação do primeiro caso eleva o grau da classificação de risco na cidade, justamente por não ter sido confirmada a forma de transmissão.

Secretária Municipal de Saúde, Anke Schwabe cita que este é um momento de muito cuidado e pede para que a população siga as orientações dos profissionais de saúde. "Recebemos a confirmação deste primeiro caso, sabíamos que pela forma com que o vírus está se propagando ele chegaria até nossa cidade. Estamos fazendo todo um amplo sistema de monitoramento das pessoas que esse paciente se relacionou, quem for sendo identificado será submetido ao isolamento para quebrarmos esse ciclo de propagação do coronavírus", destaca.

Anke reforça que a partir de agora cada cidadão mutuense precisa adotar ainda mais medidas preventivas no sentido de evitar uma crescente de casos no município. "Esse é um momento que precisamos muito do cidadão, estamos lutando contra um vírus que está se propagando muito rápido. Neste sentido pedimos que os cidadãos só saiam de casa para fazerem o essencial, evitando aglomerações de pessoas e tendo um cuidado extremamente alto com pessoas acima de 60 anos, considerados do grupo de risco", ressalta.

Com esse caso, sobe para 45 confirmados em Mato Grosso, sendo 25 em Cuiabá, 6 em Rondonópolis, 4 em Várzea Grande, 4 em Tangará da Serra, 3 em Sinop, um em Nova Mutum e um em Lucas do Rio Verde, sendo que este último paciente morreu nesta sexta-feira (03).











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO