13.11.2019 | 16h55


MORTE NO MIRANTE

Mulher deixa texto emblemático no Facebook e pula de precipício em Chapada

Segundo a família, turista teria visto uma mulher se jogando do mirante. Polícia e Corpo de Bombeiros encontram corpo.



O corpo da guia de turismo Claudeonora Galvão de Alencar, de 40 anos, foi encontrado na tarde desta quarta-feira (13), no mirante de Chapada dos Guimarães (65 km da Capital). Ela desapareceu, na terça-feira (12), após publicar um texto emblemático na rede social Facebook afirmando que “iria para outro mundo, fora da terra”.

O apurou que o cadáver foi localizado por volta das 15h30. O Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) foi acionado para fazer o resgate.

No entanto, um sobrinho dela está no local aguardando o resgate do corpo, que está em área de difiícil acesso, para fazer o reconhecimento.

Antes de desaparecer, Claudeonora fez publicação na rede social Facebook afirmando que “iria para outro mundo, fora da terra”.

Desesperada, a família comunicou à polícia sobre a possibilidade de suicídio já que a vítima sofre de depressão e se recusa a tomar remédios.

No texto, Claudenora diz: “Eu vou para o mundo de paz e luz junto com a minha irmã. Não aguento morar aqui, me perdoe papai e mamãe”, diz trecho da publicação. 

Um casal de turista que estava no local teria conversado com a vítima. Ela respondeu que estava ali apenas meditando. Quando eles saíram de perto, ouviram um grito e um barulho, que pode ser do impacto.

Ajuda do CVV                                

O CVV tem realizado em Cuiabá, todas às quintas-feiras, reuniões com sobreviventes ao suicídio e seus familiares. Assim como parentes de pessoas que se mataram.

Também passaram a serem gratuitas as ligações feitas ao número 188. Canal de atendimento 24 horas

Mais de um milhão de atendimentos anuais são realizados por 2.000 voluntários pelo telefone 188, pessoalmente (nos 80 postos de atendimento) ou pelo www.cvv.org.br via chat, Skype e e-mail.

 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO