07.10.2019 | 17h40


ROMPIMENTO DE BARRAGEM

Mineradora inicia levantamento para ressarcir danos a moradores atingidos

Medida foi tomada após parte da população local ficar sem energia, por conta do rompimento da barragem TB01



A VM Mineração iniciou nesta segunda-feira (07) o atendimento às famílias que ficaram sem energia elétrica depois do rompimento  da barragem TB01, na comunidade Tanque Belo. Um grupo de trabalho foi montado em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e a Secretaria Municipal de Assistência Social de Nossa Senhora do Livramento.

Parte da região ficou temporariamente sem energia depois do rompimento, que ocorreu no dia (01/10). Um morador teve parte de sua propriedade atingida pelos rejeitos, os demais foram prejudicados com a falta de energia. Os primeiros trabalhos foram concentrados na construção dos diques, que já contiveram os vazamentos do rejeito inerte, sem qualquer poluente ou produtos químicos. (veja fotos na galeria)

O prefeito de Livramento, Silmar de Souza (DEM) informou que foi procurado pelos diretores da mineradora para calcular os prejuízos.

O acidente

A barragem TB01, que abriga o garimpo da empresa VM Mineração, estourou na última terça-feira (1°), em Nossa Senhora do Livramento (38 km distante da Capital) e duas pessoas ficaram feridas. 

O rompimento foi registrado no distrito de Cangas. Ao menos dois funcionários ficaram feridos e deram entrada no Hospital Municipal. Uma das vítimas apresentava diversas escorriações pelo corpo, mas nenhuma fratura. O segundo não possuia ferimentos ou fraturas, mas reclamava de tontura e falta de ar. 

Ambos foram medicados e já tiveram alta hospitalar.

As equipes da Sema (Secretaria de Estado de Meio Ambiente) esteve no local para verificar a ocorrência. O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil também ajudaram nos trabalhos de verificação do problema. (Leia mais aqui)

 

Galeria de Fotos:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER