02.12.2019 | 09h15


CHUTES NA CABEÇA

Menino de 2 anos espancado pelo padrasto morre na UTI do PS de Cuiabá

O crime aconteceu no município de Juína, mas devido à gravidade a criança foi transferida para Várzea Grande; acusado está preso.


DA REDAÇÃO

O menino, identificado pelas iniciais J.R.F., de 2 anos, que estava internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), morreu no domingo (1°), em Cuiabá . A criança deu entrada em uma unidade de saúde, após ter sido espancada pelo padrasto, Igor Campos de Almeida, de 18 anos.

A família é de Juína (757 km de Cuiabá), no entanto, com a gravidade do estado de saúde a criança foi transferida para a Capital.

A vítima está internada desde o dia 17 de novembro, quando a mãe e agressor deram entrada no hospital afirmando que o menino havia caído no chão. J.R.F não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

O caso 

Ao darem entrada na unidade hospitalar, os médicos desconfiaram que o casal estivesse mentindo e que o menino havia sido agredido, pois, possuía hematomas no rosto e em outras partes do corpo, o que é resultado de maus-tratos.  

Um médico legista foi chamado para realizar exame de corpo de delito e constatou as agressões. A Polícia Militar (PM) foi acionada e um boletim de ocorrência registrado.

O padrasto da criança foi preso no dia 22 de novembro, após as investigações concluírem que a vítima foi agredida na ausência da mãe.

Igor Campos foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Juína, em que está preso desde então.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO