06.07.2020 | 15h30


GERAL / TRAGÉDIA NA PISTA

Menina de 6 anos é arremessada na rodovia após colisão e não resiste aos ferimentos

A criança foi socorrida ainda com vida durante a noite de sábado (04) na MT-242, em Querência, passou por dois hospitais, mas acabou falecendo


DA REDAÇÃO

A pequena Luiza Aguiar Barbosa, 6 anos, morreu nesse domingo (05) no Hospital Regional Paulo Alemão, em Água Boa (737 km da Capital), onde foi internada em estado grave após sofrer um grave acidente de trânsito, durante a noite do último sábado (04) na MT-242, em Querência (717 km da Capital). O carro da família de Luiza bateu contra um Chevrolet Prisma e a criança foi arremessada na rodovia.

Além da criança e dos pais no carro ainda estava um bebê, irmão de Luiza, no entanto, os outros ocupantes do veículo foram socorridos e não correm risco de morte.

De acordo com a ocorrência, uma das rodas do Prisma, que trafegava em sentido contrário ao Uno, teria se soltado do carro, momento em que o motorista perdeu o controle da direção e invadiu a contramão, batendo de frente contra o automóvel da família de Luiza.

Durante o acidente, o Uno teria rodado na pista e a menina lançada violentamente na rodovia.

Informações preliminares apontam que a criança, no momento do acidente, estaria viajando no banco do carona junto com a mãe.

O motorista do Prisma não se feriu e ainda passou pelo teste do bafômetro, que deu resultado negativo para o consumo de álcool, ou seja, confirmando que o motorista não estava bêbado.

Uma ambulância do município fez o resgate das vítimas, que receberam os primeiros atendimentos na rodovia e, em seguida, foram encaminhadas ao Hospital Municipal de Querência.

Luiza deu entrada na unidade de saúde com ferimentos muito graves, traumatismo crânio encefálico e diversas fraturas pelo corpo, além de sofrer duas paradas cardiorrespiratórias no caminho. 

A família de Luiza mora em Goiás (GO) e estava de passagem por Mato Grosso.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO