07.04.2020 | 15h00


GERAL / PANDEMIA DE CORONAVÍRUS

Marido de enfermeira que está na UTI denuncia atendimento; veja vídeo

Servidora pública foi internada na Santa Casa mas foi transferida para antigo PS por precisar de uma UTI



Marido de uma das enfermeiras contaminada pela Covid-19 no hospital Adauto Botelho, em Cuiabá, denuncia que o atendimento prometido pelo Estado não está sendo dado nem mesmo aos servidores da saúde. Benedito Leite afirma que levou a esposa, Alessandra Bárbara, para o Hospital Estadual Santa Casa na quinta-feira da última semana. Diz que à meia-noite de ontem uma atendente do hospital ligou avisando que a mulher seria entubada e transferida para o antigo Pronto-Socorro, porque precisava de um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

No vídeo gravado, Benedito afirma estar indignado porque o governo do Estado afirmou que a Santa Casa estava pronta para atender pacientes da Covid-19. “Minha mulher é servidora pública de carreira, faltam seis anos para ela se aposentar, deu a vida por este Estado. Se ela que é servidora pública da saúde está sendo tratada assim, imagina os outros”, desabafa.

Benedito diz que só consegue informações do estado de saúde da mulher por meio de amigos, porque ele e a filha do casal estão de quarentena em casa. Mas este isolamento não está sendo acompanhado, afirma Benedito. Os dois não foram testados para saber se também estão contaminados.

Além de Alessandra, pelo menos mais dois enfermeiros do Adauto Botelho estão internados em UTIs. Um deles é A.C., que tem mais de 60 anos e é diabético. Ele foi o primeiro a apresentar os sintomas na unidade de saúde, mas nem mesmo sendo do grupo de risco foi afastado das funções. Ainda fez dois plantões depois de apresentar os sintomas e no dia 25 de março foi internado, indo direto para a UTI de um hospital particular.

A mulher deste enfermeiro também foi infectada mas, segundo informações, está em isolamento domiciliar.

Outra enfermeira, R.U., foi para a UTI no dia 1º deste mês, também em hospital particular.

De acordo com a própria secretaria de Estado de Saúde, em nota emitida ontem, foram 17 casos confirmados de Covid-19 no Adauto Botelho, sendo 13 de servidores e quatro de pacientes.

 

Veja nota de esclarecimento encaminhada pelo governo do Estado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) esclarece que o Hospital Estadual Santa Casa recebe e acompanha pacientes com o diagnóstico da Covid-19. A unidade hospitalar destinou, inclusive, uma ala de leitos semi-intensivos, com 14 vagas, especificamente para o tratamento de pessoas com coronavírus. 

No entanto, casos que envolvam comorbidades ou especificidades clínicas podem ser transferidos para unidades que tenham uma estrutura adaptada às necessidades do indivíduo – motivo que levou à transferência da referida paciente. A direção do Hospital Estadual enfatiza que todos os recursos necessários foram concedidos à paciente; contudo, o quadro exigiu uma estrutura referenciada para as especificidades apresentadas. 

A SES ainda explica que há um protocolo de divulgação de boletins clínicos que ocorre diariamente em um horário padrão. Contudo, diante da complexidade das situações que envolvem o coronavírus, a direção do hospital repensa o formato e cogita outras possibilidades, também embasadas pela lei, como forma de atender aos familiares que estejam em quarentena. 

Já no que se refere à testagem dos servidores da Unidade III do Centro Integrado de Atenção Psicossocial, a SES informa que as amostras foram coletadas após o diagnóstico do primeiro servidor. A ação de testagem foi realizada na própria unidade, em um local que foi adaptado para o atendimento laboratorial, permitindo o alcance das normas de higienização e distanciamento social e a mensuração de outros casos confirmados. Atualmente, a equipe de Vigilância atua no rastreamento dos contatos ligados às pessoas diagnosticadas. 

Veja o vídeo aqui











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Teka Almeida  07.04.20 16h26
Infelizmente o Adauto Botelho não é um local popular, então não vai dar ibope prá Mauro MENTE governo FAKE NEWS. Em casa de ferreiro espeto é de pau, se o local fosse municipal ai ele ia se meter para sair como heroi... Mas no final das contas vamos aguardar e ver o destino do pessoal para ver com que titulo ele vai sair e veremos se terá coragem de olhar as suas mãos para ver que cor elas estão. Oremos.

Responder

3
0

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO