25.03.2020 | 16h11


GERAL / INSUFICIÊNCIA RESPIRATÓRIA

Lacen faz exame para confirmar se morte de idoso foi por coronavírus

Paciente de 67 anos estava entre casos suspeitos do município e morreu na madrugada desta quarta-feira



Laboratório Central do Estado (Lacen) avalia amostra de material genético de idoso que faleceu na madrugada desta quarta-feira (25), em Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), com suspeita de coronavírus. O resultado sai em 72 horas.

A notificação do óbito foi feita pelo Hospital Regional de Rondonópolis (HRR) à Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde. Conforme declaração de óbito, a causa da morte foi insuficiência respiratória aguda, pneumonia.

O exame vai comprovar se a pneumonia foi provocada pelo novo vírus ou não. De acorco com a secretaria de Estado de Saúde, um médico infectologista descartou coronavírus e deu o outro diagnóstico, mas o Lacen fará o exame para não restar dúvidas.

Morador da zona rural de Rondonópolis, o idoso de 67 anos fazia parte da lista do município de pacientes sob suspeita de infecção pelo novo coronavírus, desde segunda-feira (23), quando deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), com quadro de insuficiência respiratória. A informação é da secretaria municipal de Saúde. Entretanto, a SES afirma que ele não estava na lista. 

Após estabilização na UPA, ele foi transferido para o Hospital Regional. A equipe médica da UPA recolheu material genético do idoso para teste da Covid-19, que foi encaminhado ao Lacen.

Rondonópolis tem dois casos suspeitos de coronavírus confirmados por laboratórios particulares e ainda não oficializados pelo Estado, porque aguardam exame de contraprova. Possui ainda 23 casos em investigação.

Leia a nota da Secretaria de Estado de Saúde na íntegra:

NOTA SOBRE ÓBITO EM RONDONÓPOLIS 

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) esclarece que o referido paciente deu entrada na UPA do município de Rondonópolis, local onde foi coletado material biológico para exames. Após a coleta, o paciente foi transferido para o Hospital Regional localizado neste município.

Na unidade, ele recebeu os atendimentos necessários ao seu quadro de saúde. Ao analisar o quadro clínico do paciente, o médico infectologista do hospital descartou a possibilidade de ser um caso suspeito de coronavírus e concedeu outro diagnóstico. Ainda assim, para o esclarecimento dos fatos, o Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) testará a amostra do paciente para COVID-19.

A SES ressalta que o paciente não era um dos 27 casos notificados ao Estado como suspeitos de coronavírus na cidade. Todas as atualizações relativas ao coronavírus em Mato Grosso ocorrem de segunda a sexta-feira, às 17h, por meio do site da SES-MT e de coletiva online de imprensa concedida pelo secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, na redes sociais do Governo do Estado.

Atualizada às 14h48











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO