13.09.2014 | 11h47


CRISE À VISTA

Júnior Rocha vê derrota injusta e pede Luverdense mais ligado em campo

Treinador do Verdão do Norte diz que equipe teve atuação abaixo do esperado no primeiro tempo da derrota para a Ponte Preta, nesta sexta-feira



O treinador Júnior Rocha lamentou o primeiro tempo apático do Luverdense na derrota para a Ponte Preta, por 1 a 0, em casa, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Para ele, o empate seria o resultado mais justo pelo que o time apresentou na segunda etapa. 

- É complicado perder em casa. Foram dois tempos distintos. Estivemos dispersos no primeiro, mas melhoramos na segundo mesmo com um jogador a menos. Tivemos dificuldades com ofensividade e mais uma vez falhamos na bola parada. Vou mudar a marcação nesse tipo de jogada e começar a marcar individual. A bola parada está decidindo os jogos a favor do adversário. O mais justo seria o empate – disse à rádio Atitude. 

Ele também alertou para mais uma derrota na competição e pediu mais atenção e menos preciosismo do grupo. 

- Tem que entrar mais ligado, querer mais. É um torneio muito difícil e se entrar desligado compromete o resultado final. Aí tem que fazer o dobro de força para chegar ao gol. É preciso mais atitude, mais personalidade. 

Na próxima rodada, o Luverdense enfrenta o Santa Cruz, nesta terça-feira, no Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde. 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER