14.07.2019 | 10h20


CAPITAL DO PANTANAL

Jacaré ataca e mata cachorro que brincava com o dono no Parque das Águas

Cachorro brincava de pegar graveto com o dono, momento em que foi atacado pelo jacaré, que ficou famoso pela série de aparições no local e ganhou o nome de Celson.


DA REDAÇÃO

Um cachorro de médio porte, foi atacado e morto por um jacaré, enquanto brincava com seu dono no lago do Parque das Águas, na noite de sábado (13), no Centro Político Administrativo, em Cuiabá. O cachorro teria ido buscar um graveto jogado pelo dono, no momento em que foi atacado pelo jacaré. 

Segundo a administração o parque, o pedaço de madeira lançado pelo dono teria caído próximo ao réptil, que atacou o bicho de estimação.

Testemunhas que presenciaram o ocorrido relataram que o jacaré comeu o cachorro, após levá-lo para o fundo do lado. 

O dono se desesperou e tentou entrar na água para salvar o cachorro, no entanto, foi impedido por pessoas que estavam no local.

O jacaré é famoso nas redes sociais, ganhou até um nome dos cuiabanos, “Celson”, após várias aparições em ruas e avenidas da região.

Em uma de suas escapadas, o animal precisou ser capturado e devolvido ao lago, por uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar.

No dia seguinte, a administração do parque esclareceu que conseguiu resgatar o corpo do cão, antes que o jacaré o devorasse.

 

 











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Flavio   14.07.19 21h50
É a natureza. O jacaré apenas fez o seu papel na cadeia alimentar. Como ninguém compra ração pedigree pra ele, o animal tem que aproveitar as oportunidades.

Responder

0
0
Edmar Augusto  14.07.19 13h54
Só vão tomar providências quando começarem a sumir crianças e pessoas que caminham no parque. Pra mim tinha que ser capturado e solto no pantanal.

Responder

9
7

Enquete

ABUSO DE AUTORIDADE

Você concorda com aprovação da Lei para punir juízes?

Concordo: MP e Juízes erram muito e prejudicam pessoas de bem

Não concordo. A aprovação da lei é que é um abuso

Bolsonaro deveria vetar a lei

Bolsonaro deve sancionar a lei

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER