01.06.2020 | 22h00


GERAL / VÍTIMA DA DEPRESSÃO

Homem de 32 anos é encontrado morto dentro de casa, em Cuiabá

Telmison Bispo foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (1º) no bairro Boa Esperança. O fato assustou amigos e familiares que prestam homenagens nas redes sociais.


DA REDAÇÃO

Telmison Bispo, 32 anos, conhecido como ‘Teo’, foi encontrado morto por estrangulamento dentro de casa durante a manhã desta segunda-feira (1º) no bairro Boa Esperança, região do Coxipó, em Cuiabá.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para prestar socorro à vítima, mas quando os socorristas chegaram ao endereço apenas constataram a morte.

A Polícia Militar (PM) foi acionada, isolou o local e comunicou o fato à Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), responsáveis pelos procedimentos no andamento da ocorrência.

De acordo com informações preliminares, Telmison teria entrado em depressão após separar da mulher, com quem tem uma filha, e este seria o motivo que fez o rapaz tentar contra a própria vida.

Vários amigos estão postando mensagens nas redes sociais da vítima, onde prestam as condolências à família e se mostram surpresos, já que o rapaz não demonstrava ‘essa tristeza’ e era conhecido por ser um ‘menino alegre e divertido’.

No último sábado (30), último dia de postagens nas redes sociais, Téo publicou a seguinte frase “O luxo atrai amigos, mas o sofrimento seleciona os de verdade”.

Os peritos analisaram as condições em que o corpo foi encontrado e periciaram a casa, onde colheram evidências que apontem as circunstâncias da morte. Em seguida, o cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por necropsia que deve confirmar a morte por asfixia mecânica.

Os policiais acompanharam todo o trabalho da perícia, conversaram com familiares e testemunhas e deram início às investigações do caso.

 

A Politec vai emitir um laudo nos próximos dias com informações técnicas que deve dar base à apuração dos fatos e ajudar na conclusão da ocorrência.

Peça ajuda

O CVV (Centro de Valorização da Vida) tem realizado em Cuiabá, todas as quintas-feiras, reuniões com sobreviventes ao suicídio e seus familiares. Assim como parentes de pessoas que se mataram.

Também passaram a serem gratuitas as ligações feitas ao número 188. Canal de atendimento 24 horas

Mais de um milhão de atendimentos anuais são realizados por 2.000 voluntários pelo telefone 188, pessoalmente (nos 80 postos de atendimento) ou pelo www.cvv.org.br via chat, Skype e e-mail.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO