14.01.2020 | 10h30


GERAL / SHOPPING ESTAÇÃO

Garçom serve drink errado, cliente tem crise alérgica e desmaia no Coco Bambu

Mulher, que precisou ser hospitalizada, afirma que restaurante negou socorro.


DA REDAÇÃO

O restaurante Coco Bambu foi protagonista de um novo caso de negligência em seu atendimento, no entanto, dessa vez a situação não terminou com uma simples reclamação, mas sim no hospital.

A cliente K.D. passou por uma das piores situações de sua vida e correu sérios riscos, na última terça-feira (07), na franquia localizada no Shopping Estação Cuiabá.

K.D., que é alérgica a abacaxi, consumiu um drink com a fruta, segundo ela, por erro do estabelecimento e entrou em estado de choque no local, tendo que ser levadas às pressas para o Pronto Atendimento de um Hospital. 

Ao , a consumidora detalhou que foi almoçar no restaurante com dois amigos e pediu um drink chamado ‘sex on the beach’, que no cardápio era relatado a presença de frutas vermelhas.

No entanto, a bebida foi servida com abacaxi, K. explicou ao garçom a gravidade da sua alergia e solicitou a troca.

O que chama atenção é que ao pesquisar a receita da bebida, a fruta em questão não aparece com sendo um dos componentes do drink. 

“Na parte que consta a descrição do drink não falava em nenhum momento que tinha abacaxi, constava frutas vermelhas”, confirma K.D. 

O funcionário levou o copo e voltou com a bebida sem a decoração de abacaxi. No entanto, assim que bebeu o líquido, K. sentiu suas vias respiratórios fechando, começou a passar mal, sentir dilatação e tímpanos trancados. Seus amigos pediram a conta e questionaram o garçom que informou que talvez houvesse abacaxi no drink.

Apesar da situação o funcionário em questão e/ou nenhum outro colaborador da empresa prestou auxílio ao grupo.

“O garçom foi comunicado que eu estava passando mal, que eu não estava bem. Sai carregada de dentro do estabelecimento, sem apoio, sem nenhum tipo de preocupação, de responsabilidade. Fui socorrida por amigos, clientes, e levada de cadeiras de rodas até a portaria do shopping” relembra a vítima. 

“Se fosse num lugar e passasse por uma situação como essa, você retornaria?”, questionou K.

A cliente ficou com a visão turva, entrou em estado de choque, em seguida desmaiou ainda no local. Ela teve que ser levada as pressas para o Pronto Atendimento do Complexo Hospital Jardim Cuiabá.

“Cheguei ao Jardim Cuiabá em estado de choque, não consegui respirar. Ninguém do restaurante teve o bom senso de se preocupar com o cliente passando mal no estabelecimento”, afirmou.

“Cheguei ao Jardim Cuiabá em estado de choque, não consegui respirar. Ninguém do restaurante teve o bom senso de se preocupar com o cliente passando mal no estabelecimento”, afirmou a cliente. 

Contato 

K.D. contou que entrou em contato com a empresa, depois disso, um funcionário do setor de relacionamento com o cliente a procurou, via WhatsApp, pedindo que ela detalhasse o ocorrido.

Ambos trocaram algumas mensagens, e o colaborador ligou para a consumidora pedindo desculpas e solicitou que ela retornasse ao local para um novo atendimento. No entanto, a mulher se negou.

“Se fosse num lugar e passasse por uma situação como essa, você retornaria?”, questionou K. 

Veja as mensagens na galeria abaixo. 

Outro Lado 

O restaurante informou, por email, que está ciente do ocorrido e resolvendo a situação diretamente com a cliente. "Informamos que toda a atenção e suporte está sendo ofertado para garantir o bem-estar e a melhor resolução da situação", disse o diretor da empresa Alexandre Brandão. 

Galeria de Fotos:
Crédito:
Crédito:










(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

fernando  15.01.20 17h04
Primeiramente, todo Shopping deve contar com ambulatório médico de emergência assim como os de São Paulo. Segundo, é assim que se começa a destruir franquias que chegam e esta "Capital". Falta mão de obra, falta compromisso, responsabilidade. Montana, Spoleto, Frangots, Madero (Shopping Pantanal) já fecharam as portas. O próximo será o famoso Paris 6 no Goiabeiras. Aguardem!!

Responder

2
0
Alberto  14.01.20 10h58
Pelo que li na reportagem, não foi o garçom que serviu drink errado, mas sim o bar man que não preparou de forma correta. Lógico que a casa tem responsabilidade, mas a direção controlar esses detalhes, fica complicado.

Responder

7
26

TV REPÓRTER

Enquete

REMÉDIO POLÊMICO

Você tomaria hidroxicloroquina caso contraísse Covid-19?

Sim. O remédio está no mercado há 70 anos

Não. O remédio não tem comprovação de pesquisa para Covid

Não. Cloroquina é o remédio do Bolsonaro

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO