14.04.2019 | 08h40


ACIDENTE FATAL

Filho de secretário morre ao bater moto contra árvore em Várzea Grande

Devido a força da batida, Lucas Castro Barreto teve várias fraturas pelo corpo e sofreu hemorragia interna.


DA REDAÇÃO

O universitário Lucas de Castro Barreto, de 23 anos, morreu em um grave acidente de trânsito, na Avenida Filinto Muller, em Várzea Grande, no sábado (13). Segundo informações, a vítima pilotava uma moto Honda em alta velocidade quando perdeu o controle da direção e bateu contra uma árvore.

Um motorista que presenciou o acidente acionou o Serviço de Atendimento Móvel e Urgência (Samu). Lucas foi socorrido ainda com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Pronto-Socorro da cidade horas depois. O jovem teve várias fraturas pelo corpo e sofreu hemorragia interna.

O universitário morava no bairro Ipase, em Várzea Grande, e cursava ensino superior na Faculdade Univag. Ele é filho do secretário de Finanças de Nobres (124 km de Cuiabá), Amilton Barreto do Reis.

O corpo foi encaminhado ao Instituto de Médico Legal (IML) e caso será investigado pela Polícia Civil.

Outro caso

Na sexta-feira (12), a estudante de Psicologia Myrella Steteski, 19 anos, morreu após a moto que pilotava ser atingida por um caminhão-caçamba no cruzamento das Ruas 3 e 20, região central de Tangará da Serra (a 242 km de Cuiabá).

De acordo com o portal de notícias local Tangará Urgente, o motorista do caminhão teria invadido a preferencial e atropelado Myrella. Há informações de que a jovem também não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Ao ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a estudante ainda estava consciente e reclamou de dores no tórax. Ela chegou a dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu aos ferimentos e morreu. 

O motorista do caminhão não se feriu no acidente. A morte é investigada pela Polícia Civil.

Leia também

Caminhão cai em barranco e motorista morre esmagado por toras de madeira











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER