25.08.2015 | 17h30


GERAL / TRAGÉDIA NO ARINOS

Família reconhece o corpo de rapaz que se afogou tentando atravessar o rio

Após 48 horas, mergulhos e buscas por terra, às margens do leito, bombeiros avistam o rapaz boiando. O corpo já estava em fase de decomposição.


DA REDAÇÃO

Aconteceu o que previam os militares do Corpo de Bombeiros. Após 48 horas, o corpo do adolescente Diego Henrique, de 17 anos, submergiu nesta terça-feira (25), no início da tarde, nas águas do rio Arinos, em Juara, no interior de Mato Grosso.

O rapaz se afogou no domingo (23), ao tentar fazer a travessia do rio, se divertindo com amigos. No entanto, se cansou e ninguém acreditou que estava afogando, pensando que ele estava brincando. Os colegas concluíram a travessia e assistiram ao afogamento. Um homem que estava de barco chegou a segurar a mão da vítima, que escapou.

Uma equipe de bombeiros mergulhou nesta segunda-feira (24) em busca do corpo de Diego, mas não o encontrou e começou a fazer buscas por terra, às margens do leito do Arinos, que é um manancial de muita correnteza.

Familiares do rapaz reconheceram o corpo, ainda preso às roupas, boiando há cerca de 400 metros acima da ponte do rio, na Rodovia do Vale, como informou a TV Juara, emissora local.

O corpo, já em decomposição, foi encaminhado à Polícia Civil, para fazer o exame de necropsia, e, na sequência, será liberado para o sepultamento.

Mais informações sobre este caso aqui.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO