06.12.2019 | 20h30


RONDONÓPOLIS

Escola volta às aulas sete dias após professor tentar matar diretora a facadas

As atividades foram retomadas depois de uma reunião com psicólogos, professores e pais dos estudantes da Escola Municipal Daniel Paulista Campos.


DA REDAÇÃO

As aulas da Escola Municipal Daniel Paulista Campos retornaram na quarta-feira (4), sete dias após o professor Cleiton Gomes da Silva, de 45 anos, esfaquear a diretora da instituição, Rosileide Vaz.

A informação foi confirmada pelo junto à Secretaria Municipal de Educação de Rondonópolis (212 km de Cuiabá). 

Segundo a assessoria da Prefeitura, na terça-feira (03) houve uma reunião com psicólogos, professores e pais dos estudantes para abordar a melhor forma de fazer esse retorno.

Entenda o caso

O professor Cleiton Gomes foi preso em flagrante por tentar matar Rosileide Vaz, no dia 29 de novembro, dentro da escola.

Segundo o boletim de ocorrência, ele entrou na sala da diretoria, colocou uma mesa na porta para impedir a saída dos funcionários e, em seguida, atacou a gestora com uma faca que estava em sua bolsa.

No momento em que tentava atingir a vítima, uma funcionária conseguiu tirar a mesa da porta e gritar por socorro.

A diretora foi socorrida, passou por cirurgia e procedimentos de sutura devido ao ataque – veja aqui.

O professor havia sido reintegrado recentemente, pois, estava de afastamento médico.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO