27.05.2020 | 17h58


GERAL / FECHADOS HÁ MAIS DE 2 MESES

Donos de bares, restaurantes e academias protestam por reabertura

Um caixão na carroceria de uma caminhonete representando a fome e desemprego chamou atenção.



Representantes de bares e restaurantes de Cuiabá realizaram uma manifestação na tarde desta quarta-feira (27), no Centro da Capital, reivindicando a reabertura dos estabelecimentos que estão com as portas fechadas há mais de dois meses, devido as medida restritivas adotadas para evitar a proliferação do novo coronavírus (covid-19).

Eles realizaram carreatas nas principais avenidas do centro. O que mais chamou a atenção foi um caixão na carroceria de uma caminhonete com uma faixa escrita “fome e desemprego matam mais que covid-19”.

Segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurante (Abrasel), seccional Mato Grosso, Cuiabá já acumula 10 mil demissões apenas no setor de bares e restaurantes e a estimativa é que 40% desses estabelecimentos não conseguirão reabrir as portas após liberação.

Na quinta-feira (28), o prefeito Emanuel Pinheiro irá realizar uma live para anunciar novas medidas contra a disseminação da covid-19. A expectativa é que ele libere os setores de bares, restaurantes, shoppings centers, academias e eventos.

Leia mais

Prefeito de Cuiabá anuncia novas medidas contra a disseminação da covid-19

Abrasel: 40% dos bares e restaurantes vão falir em Cuiabá

Veja vídeo:











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO