19.06.2019 | 08h41


PEDIDO DA DEFESA

Desembargador suspende audiência de médica que atropelou e matou verdureiro

A determinação atende a pedido da defesa para que a médica tenha acesso a dados, em mídia, da simulação do acidente, feita pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) em 15 de junho do ano passado – como fotos e vídeos.



O desembargador Orlando Perri, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, determinou a suspensão da audiência que deveria ouvir, nesta quarta-feira (19), a médica Letícia Bortolini, que é acusada de atropelar e matar o verdureiro Francisco Lúcio Maia.

A determinação atende a pedido da defesa para que a médica tenha acesso a dados, em mídia, da simulação do acidente, feita pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) em 15 de junho do ano passado – como fotos e vídeos.

O desembargador determinou que o Instituto de Criminalística da Polícia Civil seja notificado para fornecer, em até 72 horas, as fotografias e vídeos originais da simulação do acidente. Ainda não há data para a realização da audiência.

“Advirto que a realização da audiência de instrução fica condicionada à apresentação do laudo pericial pelo assistente técnico da ré, desde que não ultrapasse o prazo judicial”, destacou.

O atropelamento ocorreu na Avenida Miguel Sutil, em abril do ano passado, quando o verdureiro atravessava a avenida e foi atingido pelo Jeep dirigido pela médica que voltava de uma festa open bar.

Ela não prestou socorro, mas foi seguida e denunciada por outro motorista, o que culminou na prisão em flagrante.

Também seriam ouvidos nesta quarta, o marido da médica, Aritony de Alencar Menezes e a filha do verdureiro, Francinilda da Silva Lúcio. 

Leticia Bortoli responde a processo, pelos crimes de homicídio, omissão de socorro e embriaguez ao volante. A médica está em liberdade e seria a primeira vez que Letícia seria ouvida em juízo, mais de um ano após a morte do verdureiro.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

ABUSO DE AUTORIDADE

Você concorda com aprovação da Lei para punir juízes?

Concordo: MP e Juízes erram muito e prejudicam pessoas de bem

Não concordo. A aprovação da lei é que é um abuso

Bolsonaro deveria vetar a lei

Bolsonaro deve sancionar a lei

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER