21.04.2015 | 21h00


GERAL / "TREM BOMBA"

Consórcio inspeciona vagões deteriorados do VLT

Conforme a determinação da Justiça o governo do Estado e o Consórcio VLT tem 75 dias, a partir da audiência, para chegarem a um consenso e apresentarem um plano de trabalho sobre a continuidade das obras paralisadas desde o final de 2014.


DA REDAÇÃO

Seguindo as determinações da Justiça Federal designadas em audiência no dia 7 de abril, com o governo do Estado, o Consórcio VLT, formado por cinco empresas responsáveis pelas obras de implantação do modal em Cuiabá e Várzea Grande, realiza nesta quarta-feira (22), uma inspeção aos vagões adquiridos para a implantação do modal de transportes Veículo Leve sobre Trilhos em Cuiabá e Várzea Grande.

Conforme a determinação da Justiça, o governo do Estado e o Consórcio VLT tem 75 dias, a partir da audiência, para chegar a um consenso e apresentar um plano de trabalho sobre a continuidade das obras paralisadas desde o final de 2014.

A conservação dos vagões é de responsabilidade do Consórcio. Recentemente, a degradação de alguns veículos que estão expostos ao tempo foi destaque em reportagem do site de notícias UOL.

Em Mato Grosso, o Tribunal de Contas do Estado solicitou que o governo do Estado informasse as medidas que estariam sendo tomadas para preservar os vagões, que foram adquiridos por cerca de R$ 500 milhões. 

Além das empresas que compõem o Consórcio VLT e da fabricante dos vagões também devem participar da inspeção representantes do Ministério Público Federal, Estadual e governo do Estado.

O Governo, no entanto, não deu certeza de que vai optar pela finalização deste modal, que em muitos aspectos se mostra inviável.

CONFIRA A SITUAÇÃO DOS VAGÕES APRESENTADA PELA AUDITORIA DO ESTADO

Divulgação

vagões 01

 

Divulgação

vagões 03

 

Divulgação

vagões 02

 Vagões deteriorados.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO