01.08.2020 | 14h08


GERAL / ESPERANÇA NOS NEGÓCIOS

Comerciantes apostam no Dia dos Pais para retomar fôlego

Nos 122 dias de portas fechadas, comércio perdeu duas das principais datas, que são o Dia das Mães e o Dia dos Namorados


DA REDAÇÃO

As incertezas econômicas que todo o país enfrenta no momento, em razão da covid-19, podem interferir nas vendas do presente para o Dia dos Pais, comemorado no dia 9 de agosto. Após 122 dias de portas fechadas, aqueles empresários que ainda têm condições financeiras, ou estão fazendo o máximo para retomar a atividade normal, estão apostando e tendo esperança nos negócios que a data pode render.

O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado (Fecomércio-MT), José Wenceslau Souza Júnior, argumentou que eles “apostam todas suas fichas neste Dia dos Pais para tomar um fôlego”, mesmo que historicamente a data não tenha grande representatividade para o setor. Como lembrou, já perderam a segunda e terceira melhores datas para o comércio, respectivamente o Dia das Mães, em maio, e Dia dos Namorados, em junho.

De acordo com a Câmara de Dirigentes Lojistas de Cuiabá (CDL Cuiabá), o Dia dos Pais do ano de 2019 apresentou um crescimento comparado aos últimos quatro anos, porém nada que compensasse as perdas dos últimos anos. Com crescimento próximo a 3% no ano passado, a perspectiva era de que teriam um segundo semestre melhor e foi o que aconteceu naquela oportunidade.  

A expectativa da CDL Cuiabá é que seja uma “data favorável” à manutenção do comércio. Mesmo porque, como explicou o superintendente Fábio Granja, os empresários estão voltando agora com muita prudência e sem condições de promover qualquer tipo de campanha. Nesta semana, o presidente da Fecomércio revelou que muitos enfrentam problemas para voltar e outros até já quebraram.

"O comércio está retomando agora, com muita segurança, buscando realizar vendas para manter acima de tudo a nossa economia ativa. A pandemia ainda está presente nos nossos dias e um dos fatores necessários é evitar qualquer tipo de aglomeração. Os lojistas estão trabalhando o tema dia dos pais e buscando inovar com novas formas de atendimento e de entrega", disse o superintendente da CDL Cuiabá.

Na análise da Fecomércio, o Dia dos Pais agora "será a primeira melhor data, depois de quatro meses de portas fechadas. Então, os empresários, principalmente os de lojas de shoppings que ficaram 122 dias fechadas, estão apostando tudo na data. A melhor data da família".











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO