21.03.2020 | 15h10


GERAL / PREVENÇÃO AO CORONAVÍRUS

Cidades de MT decretam emergência, fecham comércio e 'vetam' turismo

Prefeitura de Chapada dos Guimarães, Sinop e Lucas do Rio Verde declararam situação de emergência.


DA REDAÇÃO

As prefeituras de Poconé, Sinop, Chapada dos Guimarães e Lucas do Rio Verde decretaram medidas severas de combate ao coronavírus. As medidas foram anunciadas desde sexta-feira (20) ee vão desde a proibição de circulação turística até o fechamento do comércio.

A Prefeitura de Poconé (a 105 km de Cuiabá), portal do Pantanal mato-grossense, proibiu a entrada de turistas por 30 dias. A ação é uma das medidas do decreto municipal para conter o avanço do Coronavírus, (COVID-19).

Decreto da cidade foi assinado na sexta-feira (20) pelo prefeito Atail Marques do Amaral. “Art. 12 Fica proibida a entrada de turistas no Município de Poconé no período de 21/03/2020 até 21/04/2020, podendo esse período ser estendido de acordo com os agravos epidemiológicos do Município”, consta.

No mesmo dia também foi declarada situação de emergência em Sinop (a 500 km de Cuiabá). Grande parte do comércio será fechado na cidade.

Outra cidade turística, Chapada dos Guimarães (a 65 km de Cuiabá) também declarou situação de emergência neste sábado (21).

Dentre as ações, está a proibição de funcionamento de postos de combustíveis em domingos e feriados. O terminal rodoviário da cidade também foi fechado pela prefeita Thelma de Oliveira (PSDB).

“As medidas adotadas por este Decreto poderão ser prorrogadas se a situação emergencial ainda persistir”, destaca o decreto de chapada.

Em Lucas do Rio Verde (a 333 km de Cuiabá), também foi decretada situação de emergência. Na cidade, o decreto determina isolamento, quarentena e até internação compulsória para exames médicos de quem resistir. O transporte coletivo na cidade também foi suspenso pelo período de 15 dias.

Em todo o Estado medidas estão sendo tomadas para evitar o avanço rápido da doença. Eventos com aglomeração de pessoas e até fechamento do comércio já foram algumas medidas destacadas em municípios de MT.

Conforme noticiado pelo , ao longo da semana, a Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) deu orientações para os 141 municípios de Mato Grosso sobre instalação de comitês de acompanhamento da doença e medidas a serem adotadas.

Cada município, com sua característica territorial, está tomando as providências. Como Poconé, que proibiu turistas e Cáceres (a 220 km de Cuiabá), que fechou a fronteira com a Bolívia.

Neste sábado, o 2º caso de Coronavírus foi oficialmente confirmado em Mato Grosso – na cidade de Várzea Grande.

Leia mais: Governo confirma caso de coronavírus em Várzea Grande











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO