07.04.2020 | 12h55


GERAL / VEJA FOTOS

Casal de empresários morre após carro cair em rio de MT; bombeiros resgatam corpos

Vítimas estavam desaparecidas desde o domingo (05) o que casou estranheza aos amigos, que refizeram o trajeto e localizaram os cadáveres


DA REDAÇÃO

O casal Márcio Petrucci, 42 anos, e Maria Cristina da Silva, 40 anos, morreu após carro Toyota Corolla que estava cair em um rio na zona rural de Sapezal (535 km da Capital), na noite do último domingo (05).

De acordo com a ocorrência, Márcio e Maria Cristina estavam em um pesqueiro da região com amigos desde a quinta-feira (02), porém, no final da tarde de domingo (05) o casal deixou o estabelecimento para voltar para casa, antes dos outros, quando Marcio perdeu o controle da direção e caído com o veículo no rio.

Os amigos, após voltarem para suas casas, não tiveram mais notícias do casal e acharam estranho. Então na manhã dessa segunda-feira (06), refizeram o caminho e encontraram o carro de Márcio dentro do rio, por volta das 09h.

A Polícia Militar (PM) atendeu à ocorrência, isolou a área e acionou o Corpo de Bombeiros de Campo Novo do Parecis (108 km de Sapezal) para fazer o resgate do carro e procurar pelas vítimas.

Os corpos foram localizados ainda dentro do veículo, após os militares conseguirem erguer o corolla.

Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Campo Novo, onde passaram por exame de necropsia que vai confirmar a causa morte.

As vítimas estão sendo encaminhadas ao município de Alta Floresta, onde devem chegar durante a tarde desta terça-feira (07) para os procedimentos fúnebres junto à família, de onde são naturais.

Márcio e Maria Cristina se mudaram há pouco tempo para Sapezal, onde abriram uma fábrica de placas automotivas.

Galeria de Fotos:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO