26.02.2020 | 09h48


GERAL / PIT BULL HERÓI

Cão picado 3 vezes por cobra para salvar criança de ataque também é doador de sangue

O Pit Bull Tigrão, que está internado devido às picadas da serpente, passa bem deve ter alta nesta em breve. A cobra boipeva, apesar de não ser venenosa, é muito agressiva e deixou sérias feridas no cachorro


DA REDAÇÃO

O pit bull Tigrão, que salvou uma menina de 12 anos de ser atacada por uma cobra no final da tarde da última segunda-feira (24), no bairro Jardim das Palmeiras, em Campo Novo do Parecis (391 km de Cuiabá), é conhecido por veterinários por ser doador de sangue.

O animal deu entrada numa clínica veterinária com o focinho muito machucado devido às picadas da serpente da espécie Boipeva, que apesar de muito agressiva não é venenosa. Tigrão está fora de perigo e deve receber alta ainda na manhã desta quarta-feira (26).

“As feridas do focinho foram tratadas e tudo não passou de um susto. Agora Tigrão já pode voltar para a família, acabar de se recuperar em casa e daqui a pouco voltar às doações de sangue e continuar a salvar outros cachorros”, explicou o veterinário.

Tigrão foi levado para o hospital veterinário às pressas, já que havia desconfiança de que a cobra podia ser uma cascavel.

O veterinário da clínica explicou ao que apesar do ataque agressivo que o pit bull sofreu, o cachorro está muito bem. Foi aplicado o soro antiofídico por garantia, embora a cobra que o atacou tenha sido identificada como da espécie Boipeva.

Um índio da região ajudou os médicos a identificarem a cobra. Ele explicou que não é difícil confundir os dois tipos de cobra, já que a Boipeva ‘imita’ a cascavel na aparência e inclusive na posição que se arma para dar o bote quando se sente acuada.

O fato do focinho do Tigrão não apresentar inchaço, o que deveria acontecer caso o cachorro tivesse sido envenenado, confirmou a afirmação do indígena.

Tigrão, ainda segundo o veterinário, é um cachorro muito esperto, agitado e o fato dele já está ambientado na clínica, conhecer os profissionais ajudou muito, já que durante os procedimentos médicos ficou calmo, até mesmo quando esteve em observação em uma gaiola.

Leia mais: Pit bull é picado três vezes, mas salva criança de ataque de cobra











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Emily  27.02.20 06h44
Ótimas notícias tigrão :)

Responder

2
0
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO