alexametrics
03.11.2016 | 09h10


GERAL / TRÁGICO FIM

Bombeiros encontram corpo de diácono, que se afogou no Rio das Mortes

Ele desapareceu após se afogar no Rio das Mortes na última segunda-feira (31). Wilton estava com um grupo de amigos e se afogou quando tentava nadar de um lado ao outro do rio.


DA REDAÇÃO

O corpo de Bombeiros encontrou nesta quarta-feira (2) o corpo de Wilton Oliveira, 31, diácono da paróquia do município de Novo São Joaquim (493 Km de Cuiabá), que morreu após se afogar na Cachoeira da Fumaça localizada no Rio das Mortes.

Segundo os bombeiros, o corpo foi encontrado boiando no rio, próximo ao local onde ele desapareceu, as buscas pelo diácono duraram 48 horas.  Wilton se afogou enquanto se banhava nas águas do Rio das Mortes, em momento de descontração com um grupo de amigos na tarde de segunda-feira (31).

Como o município não possui batalhão do Corpo de Bombeiros e por isso, a busca só começou na terça-feira (1), pois uma equipe de Barra do Garças, que fica há mais de 200 km da cidade se deslocou ao local para procurar o corpo do diácono.

Wilton se afogou enquanto tentava nadar de um lado a outro do rio, quando foi levado para a correnteza e não foi mais visto pelo grupo de amigos. Eles também tentaram realizar buscas antes da chegada dos bombeiros, mas sem sucesso.

O corpo dele foi encaminhado para exame de necropsia no Instituto Médico Legal (IML) de Barra do Garças. O corpo foi velado e sepultado em Poxoréu, onde vive a família dele. Wilton foi ordenado diácono em maio deste ano.

Somente no mês de outubro, mais de 10 pessoas morreram afogadas em Mato Grosso. A maior parte das ocorrências foram registradas nos finais de semana, quando muitos têm o costume de ir até os rios para se refrescarem do calor

Diácono da igreja católica desaparece após se afogar no Rio das Mortes











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime