alexametrics
02.08.2020 | 08h00


GERAL / SOS PARA O ESPORTE

Atletas farão 10 horas de corrida ao vivo para ajudar corredores que perderam patrocínio

Sem competições muitos patrocinadores suspenderam a ajuda financeira a atletas. Além disso, os prêmios de alto padrão são boa parte da renda dos corredores


DA REDACÃO

Atletas mato-grossense enfrentam dificuldades para sobreviver durante a pandemia, com patrocínios cortados,e competições e suas premiações suspensas. Tem sido complicado viver do esporte. Diante disso, um grupo de membros envolvidos com o segmento se mobilizou e criou uma vaquinha, para angariar fundos para 20 corredores de elite, que será celebrada com uma live (ao vivo) nacional de 16 horas. 

O objetivo o projeto é alcançar R$ 20 mil que serão devidos entre os beneficiados. No dia 16 de agosto, o movimento encerra com uma live no canal nacional do Youtube: Corra Ko Ruivo, do influenciador digital no mundo do esporte, Roger Ruivo.

Segundo um dos organizadores, o atleta Daniel Gouveia, de 30 anos, sem competições para representar, muitos patrocinadores suspenderam a ajuda financeira. Além disso, os prêmios das competições de alta padrão são boa parte da renda dos corredores.

“Tentamos nos dedicar ao esporte, viver dele, mas começamos ver as geladeiras vazias, faltando coisas. Muitos começaram procurar emprego, mas se está difícil para quem já trabalhava, imagina para quem vem do esporte procurando por algo novo na pandemia”, reflete Daniel. 

Daniel ressalta que para que os esportistas mantenham sua perfomance é necessário uma extensa rotina de treinamento, o que torna inviável sem dedicação total.

Mato Grosso

O Estado se tornou o berço do atletismo olímpico e corridas de ruas, rendendo vários atletas para as seleções brasileiras e por provas ao redor do mundo. Entretanto, a corrida ainda não tem tanto suporte como outros esportes, e quem a escolhe enfrenta obstáculos. 

Nos últimos anos, ela ganhou espaço por todo o território, principalmente na Capital, e essa paixão mobilizou atletas amadores, treinadores, blogueiros a ajudar os membros da elite, que carregam o nome do Estado por onde vão. 

Serão beneficiados 17 homens e três mulheres, entre as cidades Cuiabá, Várzea Grande, Lucas do Rio Verde, Juína, Barra do Garças, Juara, Tangará da Serra, e Pontes e Lacerda.

10 horas de corrida

O evento online começa às 6h da manhã, horário local, e termina às 16 horas do dia 16 de agosto. Cada corredor entrará ao vivo do local onde mora, no horário estabelecido, e correrá um percurso de 5 km do qual poderá ser acompanhado pelos internautas. No final, ainda farão um bate-papo com o anfitrião Roger Ruivo, com o intuito de quem está assistindo e ajudando conheça um pouco da história de cada um. 

A Lebrinha, uma empresa de água local, dará assistência para os atletas durante todo o percurso. Ela é uma das apoiadoras do projeto e também doou R$ 5 mil. 

As rotas dos participantes já foram estabelecidas, mas não serão divulgadas para que não haja aglomeração no dia da corrida. 

Campanha

O SOS Corredores de Elite de MT é organizado pelo educador físico Grey Lemes, pela publicitária Célia Alves, o influenciador Roger Ruivo, e os atletas Cristiane Tanaka e Daniel Gouveia. A iniciativa também conta com a parceria de um grupo de influenciadores do meio esportivo, sendo Luciane Mildenberger, Marcela Nardez, Carlos Campelo, Taty Pinheiro, Luiz Viana e Paulo Gil e o patrocínio das empresas Lebrinha e Iron Fitness.

As doações podem ser feitas pelo site Vakinha. Para mais informações, entre em contato com Cristiane pelo telefone: (65) 99953-2681‬⁩.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime