10.11.2014 | 10h05


MAURO E VIRGÍNIA

Após drama de transplante, casal adota bebê deixado no Lar da Criança

A menina estava sob cuidados do Lar da Criança, em Cuiabá e foi entregue para o casal, que estava na fila de adoção há anos; a criança foi batizada de Maria Luiza



O prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB) e a primeira-dama, Virgínia Mendes, cumprindo o que seria um desejo antigo, adotaram, sem alarde, no mês de setembro, uma bebê que foi deixada para adoção no Lar da Criança, em Cuiabá. A menina, de apenas 1 mês, na época, foi entregue para o casal, que ficou, segundo informações da Justiça, quase 10 anos na fila de adoção.

O assunto foi mantido em sigilo, por orientação do Juizado da Infância. Hoje, batizada de Maria Luiza, a criança recebe o carinho e os cuidados dos pais. 

Virgínia Mendes, nesta segunda-feira (10), resolveu contar a novidade via Faebook e escreveu: 

"Após longos anos na fila de espera para adoção, eu e o Mauro conseguimos realizar um sonho antigo. Hoje a nossa família está ainda mais completa com a chegada da nossa nova filha. Fruto de um amor que escolhemos, nossa bebezinha de apenas três meses é filha do nosso coração e foi de comum acordo dentro da nossa família que decidimos adotá-la. 

Existem duas formas de você amar um filho: uma é quando você gera essa criança; é um amor natural. A outra é quando você escolhe amar, e nós escolhemos amar a nossa nova filhinha. Ser mãe, pai, irmão e irmã depende apenas de um sentimento: o amor. É com o coração cheio dele que vejo minha família crescer feliz e harmoniosa e agradeço a Deus todos os dias por ter Suas mãos estendidas sobre nós. 

Mais um vez vivo uma rotina de mãe de um bebezinho, da mesma forma que vivi com meus outros filhos, Ana e Luis. Novamente vejo crescer diante de mim um amor incondicional, que encara tudo e abraça qualquer desafio. Me torno mãe pela terceira vez, de corpo, alma e coração".

Drama 

Virgínia Mendes, que também foi adotada quando criança, sofreu anos com rins policísticos a espera de um transplante. Como também é adotiva, não havia parentes biológicos, com execeção dos filhos para testes de compatibilidade. No ano passado, após várias tentativas frustradas de compatibilidade, descobriu-se que o doador estava, o tempo todo, a seu lado, o próprio marido. Mendes e Virgínia passaram por tratamento no hospital Albert Einstein, em São Paulo e realizaram o transplante no último dia 28 de março.

A cirurgia acorreu com sucesso. Dias antes de realizar a operação, que já vinha sendo especulada pela imprensa, Mendes declarou: “Por desígnios divinos talvez, porque longe da família é sempre muito difícil encontrar um doador, já que as probabilidades são muito pequenas, fomos contemplados em ser compatível e eu serei então o doador”. O prefeito se licenciou por 15 dias e seguiu para SP. Após duas semanas voltou ao trabalho. Virgínia permaneceu em tratamento e, agora, recuperada, realizou, segundo ela postou nas redes sociais, um sonho antigo.  

reprodução

vir mauro

 Casal adotou bebê há pouco mais de um mês

 

 











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Laura  10.11.14 17h11
Gesto nobre de amor ao próximo, mais uma criança que terá um futuro melhor, apesar do sofrimento no seu incio de vida ao ser abandonada pela mãe biológica. Parabéns aos novos pais.

Responder

0
0
Camila Ferreira  10.11.14 15h14
Aposto q é aquele bebezinho que foi abandonada e picada por formigas lembram??? http://www.reportermt.com.br/geral//bebe-da-caixa-de-sapato-e-adotado-e-ja-tem-novo-lar-em-cuiaba/39903

Responder

0
0

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER