26.02.2020 | 17h50


GERAL / RESIDENCIAL JONAS PINHEIRO

Acusada de sair com marido da vizinha tem cabeça raspada com ‘gilete’ em ‘cohab do Comando Vermelho’

A mulher, chamada de talarica e pé de pano,foi espancada por três moradoras que rasparam o cabelo da acusada como castigo e exemplo


DA REDAÇÃO

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram o momento em que uma moradora do Residencial Jonas Pinheiro 3, Cohab, supostamente, controlada pela facção Comando Vermelho (C.V.), foi espancada por vizinhas e ainda teve a cabeça raspada como castigo por ter ‘andado’ com o marido de uma delas. 

As gravações foram feitas por um homem, também morador do residencial, que narra o que está acontecendo e explica os motivos das agressões.

A todo o momento na gravação, a vítima é xingada de talarica, que quer dizer que é ‘fura olho das amigas’, ou seja, ‘tá pegando marido da vizinha’.  Já a expressão ‘pé de pano’, outro xingamento repetido nos dois vídeos, significa que a traição foi cometida dentro da casa da mulher traída.

De acordo com as imagens do primeiro vídeo, a ‘vítima’ aparece caída no chão, na porta da própria casa, com três mulheres a espancando com tapas, socos e chutes, quando logo em seguida, uma das agressoras aparece segurando a mulher pelos cabelos já passando a tesoura.

Leia também: Comando Vermelho proíbe MC de se apresentar em cidade de MT

Um fato que chama atenção é que, em determinado, momento a mulher que é espancada diz que vai chamar a polícia, porém, o homem que está gravando toda a situação diz: ‘Se ela for chamar a polícia para onde ela for vai ficar ruim. Não mexe com polícia aqui não’, fazendo referência ao C.V. que controla as regras no local.

Na sequência, o narrador do vídeo aproxima o celular e continua: ‘Mexer com homem casado aqui é isso aí, pé de pano. Quem tiver passando pano também é o trem. O trem é pelo certo. É para ficar de exemplo nas casinhas aqui, o bagulho tá louco’.

Já no final do primeiro vídeo, a vítima implora para elas pararem e a largarem, mas uma das agressoras dá dois tapas na cara da mulher e fala: ‘Para com isso o quê, você gosta de andar com homem casado, não gosta? Então é isso aí, é para você aprender. Pega homem casado mais uma vez. Pegar homem casado na Cohab ainda? Tá achando que aqui não tem lei né’.

Já no segundo vídeo, o homem começa gravando de longe: ‘Aí ó, para ficar de exemplo, pé de pano, talarica, pé de pano, aqui nas casinhas é sem pano’, e quando a câmera está bem  próxima é possível ver o cabelo da mulher cortado e esparramado pelo chão.

Na sequência, as agressoras pedem maquininha e ‘prestobarba’ para terminar de raspar o cabelo da mulher, que nesse momento está rendida no chão.

No final, a ‘vítima’ se levanta e diz algo, quando uma das mulheres questiona: ‘Você está me ameaçando?’, e a mulher de cabeça raspada, já dentro de casa, respondendo: ‘Não, não estou ameaçando você, só estou falando que não merecia isso. Você sabe das coisas para você fazer’.

O vídeo termina com a agressora chamando a mulher para fora: ‘vem para fora, vem’.

Leia mais

Sargento da PM acusado de executar dono de funerária se entrega à polícia

 

Marido flagra traição e degola esposa nua na cama

 

Veja os vídeos

 











(4) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Dos Santos  27.02.20 10h09
E Jesus disse:" Que atire a primeira pedra aquele que nunca pecou..." 2020 anos depois continua a se repetir as mesmas coisas. Quanta covardia ajuntar um bando de mulheres para agredir e humilhar apenas uma. Aquela que se sentiu traída que vá tomar satisfação com teu marido,pois ele é quem tinha compromisso. E tão ridículo quanto é um homem com linguajar de malandro filmando e apoiando. Quem são vocês para dar correção em alguém, da mesma forma que humilharam essa mulher, um dia vocês serão humilhados.

Responder

37
0
Emily  27.02.20 06h35
Vergonhoso e degradante pra mulher traída fazer um papelão desse. Quem devia algo a ela era o marido, que cobrasse dele, não da mulher. Agora ele apenas vai continuar traindo e ainda vai rir da cara dela, e da cena ridícula. E mais, no mínimo devia ter ido sozinha, mas sozinha não é mulher suficiente pra enfrentar a outra. Ele deve achar é graça tudo isso.

Responder

68
3
John Doe  26.02.20 19h09
O que aconteceu com as mulheres?? Não tem coisa mais ridícula que mulher falando gíria, conversando igual malandro.

Responder

77
7
RENATA  26.02.20 18h49
E o marido que traiu? Nada aconteceu? É fácil se unir e bater na mulher, mas o marido vai continuar traindo e tudo bem para chifruda ela gosta é de bater com as amigas em mulher, mas não tem coragem de enfrentar o marido ou de separar e ter que ir trabalhar para se sustenta. Então, a mulher traída e as amigas são piores que a amante. Vão continuar sendo cornas.

Responder

91
2
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO