19.07.2019 | 15h40


VEJA FOTOS

Acidente entre três carretas deixa um ferido na BR-163; carga é saqueada

Acidente aconteceu no início da manhã desta sexta-feira no km 350, Serra de São Vicente, próxima de Cuiabá.


DA REDAÇÃO

Um acidente envolvendo três carretas, Volkswagem, Iveco 480 e uma Scânia, deixou um motorista ferido no km 350 da Br-163, por volta das 7h30, desta sexta-feira (19), na Serra de São Vicente, próximo de Cuiabá. As cargas ficaram espalhadas na pista e uma delas, que era de refrigerante, foi saqueada.

A equipe de resgate da Rota do Oeste, concessionária que administra a rodovia, foi acionada para prestar atendimento de primeiros socorros às vítimas. Mas apenas um dos motoristas teve ferimentos mais graves e foi encaminhado ao Pronto-Socorro de Cuiabá, onde vai passa por cuidados médicos.

Os três veículos seguiam em sentido norte pela rodovia, até que em determinado momento houve a batida de uma carreta na traseira da outra e uma terceira, em que o motorista não conseguiu frear a tempo. Ele tentou uma manobra de desvio, mas acabou batendo a lateral contra uma das carretas já acidentadas.

Uma das carretas, que transportava refrigerantes, teve a carga saqueada por populares que acompanhavam o acidente. Outro veículo carregado com cimento também teve a carga derramada na pista, mas não foi saqueada.

Não foi informado para quais cidades os veículos seguiam.

De acordo com as imagens, o acidente causou bastante estragos. Dois dos caminhões ficaram com a frente completamente destruída e outro acabou tombado. Devido ao impacto das batidas entre eles, as três carretas foram parar fora da faixa, às margens da pista.

Uma das faixas da rodovia, onde ocorreu o acidente, precisou ser interditada por motivos de segurança, remoção dos veículos e limpeza das vias, devido às cargas espalhadas pela pista.

Galeria de Fotos:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO