22.02.2020 | 12h25


GERAL / CARNAVAL CRISTÃO

34º Vinde e Vede começa hoje com o Micarecristo; veja programação

São mais de 1 mil voluntários, de 28 paróquias da região metropolitana, trabalhando para erguer e operar a ‘cidade da fé’


DA REDAÇÃO

A 34ª edição do Vinde e Vede, um evento promovido pela Igreja Católica durante o Carnaval, começa neste sábado (22) e vai até a próxima terça-feira (25), no Memorial João Paulo II, conhecido como Sesi Papa, no bairro Morada do Ouro, na Capital.

O tema desse ano é baseado no Evangelho de São Lucas (capítulo 1, versículo 39) “Maria levantou-se e partiu apressadamente”. A intenção é desafiar a população em geral a levantar-se e fazer a diferença na sociedade. O tema é o mesmo escolhido pelo Papa Francisco para o itinerário trienal das Jornadas Mundiais da Juventude, que terminam no evento principal em Lisboa, no ano de 2022.

São mais de 1 mil voluntários, de 28 paróquias da região metropolitana, trabalhando para erguer e operar a ‘cidade da fé’ que irá operar  nesses quatro dias.  O evento oferece shows, palestras, louvores, uma praça de alimentação e loja de produtos católicos.

“Além de ser preparado com muito carinho e todos os detalhes pensados, o Vinde e Vede é uma grande vitrine não somente para evangelização, mas também de civismo”, destacou o arcebispo de Cuiabá.

A programação terá inicio no sábado à noite, com o famoso Micarecristo, voltado para os jovens. É um dia com shows católicos bem animados, intercalados com momentos de orações. Esse ano as atrações nacionais serão o cantor Boy, Jaqueline Moraes, Ana Gabriela e o grupo da comunidade Shalom.  (veja na íntegra abaixo)

O arcebispo de Cuiabá, Dom Milton Santos, destaca que cada ano o Vinde e Vede vem recheado de novidades.  

“Além de ser preparado com muito carinho e todos os detalhes pensados, o Vinde e Vede é uma grande vitrine não somente para a evangelização, mas também de civismo. Este ano, por exemplo, continuamos a olhar para a nossa capital Cuiabá que está com 300 anos e vamos contar a história de como a imagem original do Senhor Bom Jesus chegou à nossa capital no ano de 1818. Isso porque temos uma lei municipal que instituiu o dia 08 de abril, data da fundação da cidade, como o Dia do Padroeiro de Cuiabá. Também faremos o lançamento da Rádio Difusora que começa a operar em FM, este ano”, destacou.

A coordenação do evento informou que o espaço foi preparado para atender as necessidades dos visitantes. 

RepórterMT/Reprodução

WhatsApp Image 2020-02-18 at 09.50.44.jpeg

O arcebispo de Cuiabá, Dom Milton Santos, promete novidades no evento.

“Teremos estacionamento, segurança, praça de alimentação, feira de artigos religiosos, infraestrutura completa com tendas e cadeiras para acomodar as pessoas, além de linha de ônibus específica durante os dias de realização do evento”, explicou a coordenadora Estela Costa.

Todo ano, para ajudar a custear o evento, que é feito de doações, é realizada uma ação solidária, neste ano  será sorteado um Etios Hacth zero quilômetro (1º prêmio), um caminhão de prêmios das Lojas Martinello (2º prêmio), uma moto Yamaha (3º prêmio), e uma viagem para Aparecida do Norte (SP) mais uma diária ‘all inclusive’ no Malai Manso Resort, ambos com direito a acompanhante (4° prêmio).

A rifa custa R$ 15 e pode ser adquirida em qualquer Paróquia de Cuiabá ou Várzea Grande. O sorteio será realizado no encerramento do 34º Vinde e Vede, no dia 25 de fevereiro.

 

Confira a programação completa:

 

1ºDIA: 22/02 – Sábado do MICARECRISTO

19h – Oração do Terço com os Jovens da Arquidiocese

19h45 – Animação (Acolhida)

20h – Santa Missa presidida por Dom Milton

22h – Intervalo e Coreografia

22h30 – Lançai a rede (1º Ministério)

23h30 – Intervalo

00h – (2º Ministério – Jaquelinni)

01h20 – Intervalo e Coreografia

01h45 – (3º Ministério – Ana Gabriela)

02h45 – Adoração ao Santíssimo Sacramento – Condução Pe. Bruno Costa

03h45 – Intervalo

04h10 – (4º Ministério – JUCC)

05h30 – Encerramento

 

2ºDia 23/02 – Domingo: RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA

14h – Acolhida (Coreografia do Vinde e Vede)

14h10 – Oração do Santo Terço

14h40 – Palavra de abertura com Dom Milton Santos

15h – 1ª Pregação “Maria levantou-se e partiu apressadamente” com Vicente Gomes Machado (Renovação Carismática Católica de Góias)

16h40 – Intervalo e Coreografia

17h20 – Louvor

17h40 – 2ª Pregação “Transformai-vos pela renovação do vosso Espírito” - Vicente Gomes Machado (Renovação Carismática Católica de Góias)

19h30 – Intervalo

20h10 – Santa Missa presidida por Dom Milton

21h30 – Encerramento do domingo

 

3º dia 24/02 – Segunda Feira: MOVIMENTO SACERDOTAL MARIANO

14h – Acolhida e Coreografia

15h30 – 1ª Pregação “Totus Tuus Mariae”, Pe. José Francisco (Movimento Sacerdotal Mariano)

16h10 – Adoração ao Santíssimo Sacramento e Terço das Famílias

17h10 – Intervalo

17h40 – Entrada dos andores de Nossa Senhora

18h – Grande Cenáculo Mariano – Atos de Consagração

19h – Santa Missa presidida por Dom Milton

21h45 – Encerramento

 

4ºDia 25/02– Terça Feira : KAIRÓS

10h – Grupo de Oração e Louvor

11h – 1ª Pregação – “Pois que se uniu a mim, eu o livrarei”, Pe. Bruno Costa (Canção Nova do Distrito Federal)

12h – Intervalo

13h30 – Entrada de Nossa Senhora e Santo Terço

14h – Animação/Coreografia

14h30 – 2ª Pregação – “Lhe foi conferido o nome que está acima de todo nome”, Flavinho (Missionário de São Paulo)

16h – Intervalo e Coreografia

16h30 – Louvor

16h50 – 3ª Pregação  –  “Maria levantou-se e partiu apressadamente”, Flavinho (Missionário de SP)

18h20 – Intervalo

19h – Homenagem a Inês Maria Vaz

19h30 – Santa Missa presidida por Dom Milton e Abertura da Campanha da Fraternidade 2020.

21h – Adoração ao Santíssimo Sacramento

22h30 – Sorteio e Encerramento











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO