06.05.2020 | 08h45


ESQUENTANDO / HISTÓRICO DE ATLETA

Jornalista do RepórterMT derruba coronavírus e vence a Covid-19


DA REDAÇÃO

Atenção, os fatos são verídicos e sérios, mas contados em tom de deboche, já que foi assim que sobrevivi ao meu isolamento.  Meu quadro foi “leve”, então meu tratamento foi feito em casa. É isso mesmo, o vírus me pegou.

Após ser diagnosticada com o tal coronavírus, a médica me trouxe uma papelada, “Como você não mora sozinha, não vai poder sair do quarto, apenas para ir ao banheiro”... What?!

Bom, fingi demência e banquei a esperançosa, pensei sou saudável, uma atleta amadora, fadinha, vou superar com a força de Cristo, Amém [sempre positiva].

Foram 11 dias dentro de um quarto, tendo “surtos leves e tênis” esquentadinhos.

Sozinha, totalmente isolada para proteger as pessoas que eu amo, naquele quarto, os dias passavam e eu pedia para minha mãezinha do céu me cuidar e não me deixar vacilar. 

Os primeiros dias foram fáceis de aceitar, depois encarnei Gabriela de Juliana Paes, selvagemente queria minha liberdade. Tinha saudades do trabalho, de ir ao quintal, de escrever para os meus esquentadinhos.

Fui de meia-maratonista –  sou corredora nas horas vagas - para o Popeye sem seu espinafre, zero forças, mas o coração é valente e um histórico de atleta amadora ninguém pode apagar.  

Em meio a febres, calafrios, cansaços e fraquezas chamei todas as luzes do universo, e mandei beijos de luz da fada sensata para o coronavírus. Contra fadas, não há argumentos, e foi nocaute, o vírus beijou a lona. 

Com sete dias tive uma melhora poderosa e, claro, com muito cuidado, trabalhada nas verduras, legumes e vitaminas.

Foi o auge, a glória quando a Vigilância Sanitária constatou que estava livre e me liberou da minha prisão sem grades. Foi com subir ao pódio mais uma vez em um final de corrida. Que sensação maravilhosa! Venci o medo, à covid e protegi todos ao redor.  

Vocês devem estar se questionando: Mas não, não furei o isolamento social, saia apenas para trabalhar e ir ao supermercado e os cuidados ok.

Depois dessa saga, é hora de correr atrás do pace perdido (piada de corredor) e continuar mantendo vocês esquentadinhos atualizados.

É um prazer estar de volta!

Me acompanhem também no Instagram: @corremajuh

 











(3) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

chiquinho  08.05.20 14h09
Mas não, não furei o isolamento social, saia apenas para trabalhar e ir ao supermercado e os cuidados ok.????? Em plena quarentena sai correndo o risco de transmitir a doença??? e ainda se gaba por isso?????

Responder

0
0
Thiago   06.05.20 13h22
Se enforca, pfv

Responder

3
3
mgava   06.05.20 12h01
Cuidado!!!! A mentira tem perna curta.

Responder

4
2
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO