18.02.2020 | 08h36


ESPORTES / EMPLACAMENTO

Termina prazo extra para placa do Mercosul entrar em vigor

Estados de Alagoas, Mato Grosso, Minas Gerais, Sergipe e Tocantins haviam pedido adiamento por questões operacionais. Denatran diz que todos aderiram ao novo padrão; Minas enfrenta problemas no primeiro dia.



O prazo extra para as placas do Mercosul entrarem em vigor em todo o Brasil terminou nesta segunda-feira (17), informou o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Desde 31 de janeiro, o novo padrão já era vigente no país, porém, 5 estados haviam pedido adiamento por questões operacionais: Alagoas, Mato Grosso, Minas Gerais, Sergipe e Tocantins.

De acordo com o Ministério da Infraestrutura, todos esses 5 estados restantes aderiram ao sistema das novas placas do Mercosul.

No entanto, durante o primeiro dia de emplacamentos do novo padrão os motoristas enfrentaram problemas em Minas Gerais. Motoristas enfrentaram filas e não conseguiram fazer o emplacamento, como mostrou reportagem do Jornal Hoje.

No Tocantins, o Departamento de Trânsito Estadual (Detran-TO) informou que o emplacamento com a placa Mercosul deve começar nesta terça (18).

Quem precisa da nova placa

Veículos novos:

Primeiro emplacamento.

Veículos em circulação:

Troca de município e/ou estado;

Se as placas forem furtadas;

Se as placas forem danificadas;

Se o veículo mudar de categoria.

Novidades na compra

Para o novo padrão, o Detran faz apenas o registro do veículo e a emissão dos documentos. A partir daí, com o documento em mãos, o proprietário fica responsável por buscar uma estampadora para emplacar o veículo.

O Detran de cada estado terá de disponibilizar em seu site uma lista com todas as empresas credenciadas para que o proprietário do veículo escolha a de sua preferência. Por isso, o pagamento das placas deve ser feito diretamente para as estampadoras.

Até então, com o padrão de placas antigo, de cor cinza, o Detran enviava automaticamente as informações do veículo para um único posto credenciado.

Com os documentos do veículo em mãos, o proprietário ia até o endereço indicado pelo próprio órgão estadual para realizar o emplacamento. O pagamento era feito previamente para o próprio Detran em agências bancárias.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO