03.04.2014 | 15h04


ESPORTES / APARTHEID NA ARENA

Foto mostra operários que ganharam ingressos mas não puderam sentar nas cadeiras



Um internauta enviou para o RepórterMT a  imagem, do jogo entre Mixto e Santos, que não foi veiculada nos meios de comunicação, já que a maioria da imprensa  ficou reclusa em um camarote fechado sem acesso às arquibancadas.

As fotos do internauta mostram que no andar acima das câmeras de foto e TV, a arquibancada sem cadeiras, foi destinada aos operários que foram ‘prestigiados’ pela Secopa com um ingresso para assistir ao jogo, além de muitos torcedores que pagaram até R$ 125 pelo ingresso, mas que chegando à Arena,  não tinham lugar para sentar e foram encaminhados então para o local segregado, de onde viram a partida de forma mais distante, sentados no cimento bruto.

 

Para o primeiro jogo da Arena Pantanal foram disponibilizados 20 mil ingressos, mas a falta de um equipamento que checava a autenticidade dos bilhetes, pode ter facilitado a entrada de pessoas que compraram ingressos falsos através de cambistas, o que gerou um número maior de torcedores do que o esperado. Para solucionar o problema da falta de lugares, a organização encaminhou esses torcedores o local, que mais parecia um 'apartheid' no Novo Verdão.

do leitor/RepórterMT

arena peaozada

 Operários tiveram que sentar na parte superior, sem cadeiras




 











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Henri  03.04.14 20h50
Cavalo dado não se olha os dentes. Se queriam lugares, de melhor qualidade, para assistir ao jogo, então deveriam pagar por eles. No Brasil, as pessoas acham que tudo deve ser de graça, por isso nada presta aqui.

Responder

0
0

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO