15.08.2019 | 12h00


DOENÇA CRÔNICA

'Repouso para curar dores nas costas é ideia ultrapassada', diz professor; veja vídeo

Fisioterapeuta explica que a coluna é resistente e o ser humano precisa se movimentar.


DA REDAÇÃO

Dor nas costas é a principal causa de afastamento do trabalho dos brasileiros. O problema atinge mais de 80% da população, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a solução, segundo o professor e fisioterapeuta Jean Pierre Vieira Guimarães, pode estar na atividade física.

Em entrevista ao , o especialista explica que o ser humano precisa se movimentar, e aquela ideia de repouso, para curar a dor de coluna, está ultrapassada.

"A coluna não é de vidro, ela é forte e essa região precisa de movimento", argumenta o professor.

Ele destaca que toda pessoa adulta precisa de atividade física e no trabalho é  recomendado não passar mais de 30 minutos numa única posição. 

Jean destacou também que o fator emocional pode intensificar a dor, numa abordagem biopsicossocial.

"Quando o paciente acredita no tratamento, ele tem uma resposta mais rápida". 

Na entrevista, o fisioterapeuta esclareceu ainda mitos sobre o colchão ideal e a posição correta para dormir. 

Jean Pierre lembra que a partir de seis semanas sentindo dor, o caso passa a ser considerado crônico, e as causas podem ser multifatoriais.

Confira a entrevista na íntegra:

 











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Paula carioca gambi vasconcelos   25.11.17 23h58
Adorei a entrevista, adoro vc jean meu fisioterapeuta e amigo. Parabéns 😉😘

Responder

14
3

Enquete

ABUSO DE AUTORIDADE

Você concorda com aprovação da Lei para punir juízes?

Concordo: MP e Juízes erram muito e prejudicam pessoas de bem

Não concordo. A aprovação da lei é que é um abuso

Bolsonaro deveria vetar a lei

Bolsonaro deve sancionar a lei

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER