14.05.2017 | 10h05


VEJA VÍDEO

Normal, cesárea e humanizado; saiba as diferenças e a melhor época para engravidar

O ginecologista afirma que é preciso avaliar as condições de saúde de cada gestante, e aponta que a preferência pela cesariana tem diminuído.


DA REDAÇÃO

Dados divulgados pelo Ministério da Saúde apontam que, pela primeira vez desde 2010, o número de cesarianas na rede pública e privada de saúde não cresceu no Brasil. Esse tipo de procedimento, que apresentava curva ascendente, caiu 1,5 ponto percentual em 2015. Dos 3 milhões de partos feitos no período, 55,5% foram cesáreas e 44,5%, partos normais.

Para o médico ginecologista, João Félix, as mulheres estão mais informadas, e suas opiniões e intuição têm sido consideradas pelos profissionais da saúde. “A mulher tem o direito de escolher como será seu parto, considerando suas condições de saúde”, comentou em entrevista ao site .

O médico explicou as diferenças sobre os partos: normal, humanizado e cesárea e ainda qual a melhor época para engravidar. “Mulheres entre 24 e 30 anos produzem óvulos mais saudáveis”, pontuou.

João Félix esclareceu sobre as consequências da diabetes gestacional para as mães e os bebês. “Diabetes gestacional pode ocasionar morte súbita do bebê”, observou.

Além de trazer dicas sobre se preparar para a amamentação, o médico afirmou que animais domésticos, como gatos e cachorros,  não precisam ser doados, no entanto, exigem certos cuidados relativos à higiene. 

 

Confira a entrevista na íntegra:

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO