18.10.2019 | 12h01


VEJA O VÍDEO

Municípios de MT terão reforço de caixa extraordinário com leilão do pré-sal

O pode ser aplicado em investimentos ou usado para pagar dívidas previdenciárias.


DA REDAÇÃO

Mato Grosso vai receber cerca de R$ 870 milhões no fim deste ano, que vêm da cessão onerosa do leilão do pré-sal, conforme aprovado pelo Senado nesta semana e deste montante, R$ 200 milhões vão direto para os cofres dos municípios, o que representa reforço de caixa extraordinário.

Em entrevista ao , o presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga comenta que o recurso, que levou meses de negociação, agora pode ser aplicado em investimentos ou usado para pagar dívidas previdenciárias.

Vencida essa pauta, Neurilan relata que a próxima ação municipalista, em Brasília, será pela liberação de cerca de R$ 1 bilhão referente ao FEX, que seria um compromisso feito pelo ministro da Economia, Paulo Guedes e que o presidente da AMM acredita que Mato Grosso conseguirá também em 2019. Desse montante, mais de R$ 220 milhões vão para os municípios.

Com a possibilidade do fim do FEX e da Lei Kandir , Neurilan revela o acordo que tem sido feito junto ao Governo Federal para que os estados exportadores, como Mato Grosso, passem a receber, por lei, os royalties do petróleo brasileiro.

Veja o vídeo:











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO