14.10.2018 | 08h37


SEGUNDO CÉREBRO

Ir ao banheiro todo dia nem sempre é sinal de intestino saudável; Veja vídeo

A médica Deborah Schmitt alertou que o aspecto das fezes indica como está a sua saúde intestinal


DA REDAÇÃO

Em entrevista ao site , a médica Deborah Schmitt alertou sobre a saúde intestinal, os alimentos que fazem bem para o seu funcionamento e os inimigos do intestino, acrescentando que estudos apontam que o intestino é o segundo cérebro. Ela ponderou que ir ao banheiro todos os dias nem sempre é sinal de que tudo está bem.

Assunto ainda repleto de tabu, a médica explicou que muitas pessoas têm vergonha de falar sobre suas fezes com o médico e que o tema merece mais esclarecimento: "A saúde intestinal é a característica das fezes, especificamente, e também como a pessoa se comporta após ingerir algum alimento. Ter diárreia de vez em quando também é um sinal de que algo não está legal". Deborah elencou quais características as fezes devem apresentar. 

Segundo a médica, a alimentação é essencial para um intestino saudável e os industrializados são grandes vilões: "Se for tomar o leite, tome o leite fresco, direto da vaca. O de caixinha não tem leite lá dentro, o ideal seria evitar leite de origem animal e optar pelo de origem vegetal". 

Deborah comentou que o intestino reflete no corpo como um todo, assim observa que muitas crianças apresentam problemas respiratórios porquê o intestino não está bem. Ela acrescenta que ao tratar o intestino, trata-se até mesmo a depressão. 

Na entrevista, ela falou sobre o uso de laxantes e quais alternativas para lidar com o incômodo do "intestino preso".

Confira a entrevista:

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

ABUSO DE AUTORIDADE

Você concorda com a Lei ou acha que Bolsonaro deve vetar

Concordo: MP e Juízes erram muito e prejudicam pessoas de bem

A aprovação da lei é que é um abuso; veta Bolsonaro

Não sei acho que não muda nada

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER