18.12.2019 | 10h25


CHEFE DO PROCON

Gisela: Não fui para o DEM para 'manter liberdade política'; Veja o vídeo

Ela recusou o convite feito por Júlio Campos para não correr o risco de ficar fora da disputa à Prefeitura e poder escolher aliados.


DA REDAÇÃO

Em entrevista ao , a presidente do PROS de Cuiabá, Gisela Simona, que teve cerca de 50 mil votos para ser deputada federal, em 2018, e agora é cotada para disputar a Prefeitura de Cuiabá, comenta sobre ter recusado o convite do vice-presidente estadual do DEM para ingressar no partido.

Segundo ela, o DEM dificilmente lhe proporcionaria o destaque a liberdade política de que faz questão.

“ O DEM é um partido que do ponto ideológico não me atrai. Não por ser de direita ou esquerda, mas porque hoje temos grandes nomes dentro do DEM e infelizmente hoje, quendo se está junto de grandes partidos, pessoas como eu, que têm pouco tempo de vida partidária nem sempre nos dão a chance de sair aí a uma cabeça de chapa, de fato ter uma disputa mais independente. Isso é algo que eu, nesse início da minha carreira não quero perder essa coerência”, argumenta.

Gisela pontua que o PROS é um partido de centro, mas ela não tem recusa a se aliar a outros partidos que sejam tanto de direita, como de esquerda.

Veja o vídeo:

 

 











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Manoel Ferreira  02.01.20 17h41
A Gisela Simona, tem que torçer e orar para dar certo o processo de cassação do mandato do Deputado Federal Nery Geller, que esta no seu final e poderá ir ao plenario agora em fevereiro proximo, com grande possibilidade dele perder o mandato, por que as provas no processo, é tão cabeluda quanto da Senadora Shelma. E sim ela vai para Brasilia nos representar,e deixa pra traz essa idea de ser candidata a Prefeita de Cuiabá, pois não tem chance alguma neste pleito de 2020, quando será uma Guerra entre a Prefeitura de Cuiabá (com Emanuel)e o Governo do Estado (com Mauro Mendes,e seu candidato), e não vai sobrar espaço para um terceiro nome.

Responder

0
0

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO