30.11.2019 | 07h40


NATAL CUIABANO

Fecomércio: Consumidor está mais econômico e vendas serão pela ‘emoção’

Desafio do ano será fechar a venda, em cenário que o consumidor evita o impulso e busca mais economia.


DA REDAÇÃO

Os comerciantes de Mato Grosso esperam que o pagamento do décimo terceiro e a liberação do FGTS possam mudar o cenário atual, levando os consumidores a pagar seus débitos e voltarem a comprar.

A expectativa é de vender 5% a mais nessa época natalina, do que foi vendido no mesmo período em 2018 e a meta é 'pegar o cliente pela emoção', conforme relata o ice-presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio), Manoel Procópio, em entrevista ao RepórterMT.

"O consumidor tem valorizado muito seu dinheiro e não compra só por impulso do período natalino. Ele vem procurando os melhores preços, as melhores promoções", revela.

O vice-presidente afirma que a expectativa atual é a melhor dos últimos anos.

“Após quase cinco anos de muita crise, sem muita expectativa há expectativa muito grande dos empresários se preparando para isso, inclusive reforçando seus estoques”, comenta.

A previsão de maior venda é para o setor de eletromésticos, seguido de celulares e depois confecções, calçados e perfumes.

O vice-presidente também fala sobre o horário estendido para as vendas, que deve começar em Cuiabá, a partir da segunda quinzena de dezembro.

Veja o vídeo:











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO