10.09.2017 | 14h00


ENTREVISTA / VEJA O VÍDEO

Empresa que usar imagem de funcionários em rede social pode ser processada

"É importante que empresas que usam essas imagens tenham autorização, para não ter problemas", diz publicitário especialista no assunto


DA REDAÇÃO

O publicitário e analista de sistemas, Jaime Ubarana, orienta que as empresas precisam tomar cuidado ao expor a imagem do funcionário de forma publicitária em suas páginas nas redes sociais, para evitar processos. Além disso, é importante ficar alerta com a quantidade de publicações postadas nas mídias digitais para não se tornar impertinente e perder seguidores, amargando queda no faturamento.

Em entrevista ao , Jaime afirma que no caso de usar a imagem de algum funcionário de forma publicitária é bom que seja de forma legal, clara, e documentada.

"É importante que ela tenha uma autorização de uso da imagem para que ela não tenha nenhum problema trabalhista futuro”, disse.

“A empresa tem que ter cuidado quando for colocar a imagem do colaborador nas redes sociais ou no site institucional da empresa. É importante que ela tenha uma autorização de uso da imagem para que ela não tenha nenhum problema trabalhista futuro”, disse.

Outra questão é a forma que as empresas usam o Marketing Digital e, principalmente, as redes sociais. Algumas chegam a lotar os perfis dos usuários de propaganda e promoções, uma medida que pode ter um custo alto para o empresário como perda de seguidores.

“É muito interessante você ter o WhatsApp como ferramenta de comunicação, agora, a partir do momento que você começa criar grupos e colocar informação exagerada, com certeza, você terá uma rejeição. (...) As pessoas não querem mais aquela publicidade maçante. Gostam daquilo que é inovador”.

Jaime Ubarana também explica o cuidado que as pessoas precisam ter nas redes sociais para não perderem oportunidades de empregos, além de outros assuntos.

Acompanhe a íntegra da entrevista:











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Henrique Lopes  10.09.17 19h42
Por isso tem que mudar as leis trabalhistas desse país, tudo que a empresa faz cabe processo. Só direito aos trabalhadores, tudo cabe processo. E os funcionários que não trabalham? Tem 1 milhão de direitos e defesas. Depois reclamam da falta de emprego. Só empreende nesse país quem é louco. Lembrando que a maioria das emprrsas no Brasil é micro e não os bandidos sócios dos políticos.

Responder

4
5

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO