13.05.2020 | 15h46


ENTREVISTA / VEJA VÍDEO

Distribuidoras e conveniências lideram descumprimento de restrições na Capital

Estabelecimentos têm descumprido medidas de impedimento de consumo de bebida no local e também de horário reduzido.


DA REDAÇÃO

O secretário de Ordem Pública de Cuiabá, coronel Leovaldo Sales revela, em entrevista ao , que a maioria das infrações referentes às restrições ao funcionamento do comércio, decretadas durante a pandemia, ocorrem em distribuidoras de bebidas e conveniências.

“Distribuidoras começaram a usar seu espaço como se fossem bares e não é isso. Deve ser um lugar onde você adquire a sua bebida, o seu produto e vai consumir em casa”, observa.

Quanto às aglomerações em geral, ele comenta que a região mais preocupante tem sido do bairro Pedra 90.

Mais de 3,5 mil denúncias de irregularidades já foram registradas.

Na entrevista, o secretário revela que já teve fiscalização que virou caso de polícia, porque a equipe de fiscalização teria sido desacatada, por parte de cliente, em loja de materiais de construção. Na situação, uma pessoa foi detida e levada para a delegacia.

Entre as penalidades a quem descumprir as medidas está a aplicação e multas que podem ultrapassar os R$ 10 mil, como no caso de agências bancárias que registrem tumulto.

O secretário também fala das ações de fiscalização nos parques públicos que são gerenciados pela prefeitura.

 

Veja a entrevista:











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO