alexametrics
01.07.2020 | 13h30


ENTREVISTA / VEJA O VÍDEO

CVV: Sofrimento emocional precisa ser compreendido e não julgado

Voluntária explica como agir e dar apoio emocional a quem demonstra sofrimento.



Em entrevista ao , a voluntária do CVV, Isaura Titon fala sobre a necessidade de que as pessoas desenvolvam a capacidade de melhor entender seus familiares e buscar ter convivência mais fraterna nessa época de pandemia, quando as pessoas têm estado mais sensíveis por diversos fatores.

Ela esclarece como deve ser a conversa com quem demonstra sofrimento emocional.

A voluntária do CVV pontua que essa necessidade de ser entendido e não julgado é bastante relatada por aqueles que buscam os canais de ajuda.

Isaura alerta que ditar regras de como a pessoa deve agir não ajuda quem demonstra algum tipo de sofrimento, pois ao invés de se sentir motivada, se a pessoa não conseguir cumprir determinada tarefa pode se sentir culpada.

O CVV atende 24 horas pelo telefone 188 (ligação gratuita) ou pelo chat no site www.cvv.org.br.

Veja a entrevista:











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime