21.09.2019 | 07h50


ALERTA AOS PAIS

'Bullying é amargura emocional que pode causar suicídio e atentados'

Enfrentamento da problemática precisa do envolvimento direto dos pais.


DA REDAÇÃO

A secretária-adjunta de educação de Cuiabá, Edilene Machado alerta que a prática de bullying nas escolas pode ocasionar casos de suicídio e até atentados.

A pasta tem desenvolvido uma série de ações capacitar educadores que possam identificar e interferir da forma correta nestes casos, além de buscar conscientizar pais e alunos sobre a problemática, que vai além dos muros da escola e invade as redes sociais.

Edilene alerta aos pais sobre a mudança no comportamento dos filhos e destaca a necessidade da família saber dialogar como filho que possa ser vítima de bullying e trabalhar a gestão da emoção das crianças.

“Tem que ensinar a criança a gerenciar as emoções e se conter na hora certa. (...) O bullying não tem classe social, ele tem amargura emocional. Então a criança que não tem a emoção bem resolvida com certeza vai ser um agressor”, ressalta.

Veja o vídeo:











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO