11.11.2019 | 11h09


CÂMARA ANALISA

Vereador pede investigação contra colega por ser chamado de ‘perebento’



A Câmara de Cuiabá vota na terça-feira (12) o pedido feito pelo vereador Abílio Júnior (PSC) para que seja aberta uma Comissão Processante contra seu colega de Parlamento, Toninho de Souza (PSD).

Na justificativa para o pedido, Abílio destacou o tratamento reportado por Toninho ao longo do ano. O vereador descreve que, durante uma sessão em abril, Toninho o chamou de ‘perebento’.

Além de Toninho, o vereador disse que está reunindo documentações que comprovam situações ocorridas em Plenário e proferidas a ele de maneira ofensiva, violenta e desonrosa.

Vale lembrar que Toninho de Souza é presidente da Comissão Ética e Decoro Parlamentar que analisa o pedido de cassação contra Abílio feito pelo seu suplente, Oséas Machado, atual diretor do Hospital São Benedito.

 











(5) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Michael  11.11.19 18h45
Abílio troca farpa, fala do mundo e o fundo, mais quando alguém cansa das palhaçada dele, aí ele se sente “ofendido”... é muito mimimi pra pouco trabalho

Responder

4
1
Ricarte  11.11.19 17h25
ABÍLINHO PARA DE SHOW QUE VOCÊ NAO È A XUXA. FORAAAAA!

Responder

5
1
Servidora Pública  11.11.19 14h28
Engraçado esse sujeito! Ofende os colegas, e quando é ofendido, acha ruim. Sr. Vereador, que quer ser respeitado, deve também respeitar. E de desrespeito, o senhor entende muito bem.

Responder

5
2
Zilma  11.11.19 12h29
Vale lembrar que Toninho de Souza é presidente da Comissão Ética e Decoro Parlamentar que analisa o pedido de cassação contra Abílio e por isso o Abílio está com medo.

Responder

7
2
Stefano  11.11.19 12h22
Esse Abílio só quer midia, trabalhar que é bom nada.

Responder

11
3
patricia   11.11.19 16h27
vai trabalhar so fica perturbando vc nao tem nenhum serviço prestado para cuiaba

Responder

7
2
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO